Notícias

Primeira rede europeia de instituições privadas de ensino superior foi formalmente criada

      
Primeira rede europeia de instituições privadas de ensino superior foi formalmente criada
Primeira rede europeia de instituições privadas de ensino superior foi formalmente criada  |  Fonte: APESP

CONHEÇA O PORTAL DE MOBILIDADE UNIVERSIA

SAIBA MAIS AQUI!

Paris acolheu no passado dia 30 de setembro a assinatura da primeira declaração para a criação de uma rede europeia de ensino superior privado, num espírito de cooperação e colaboração, entre quatro associações nacionais, a francesa UGEI (União das Grandes Ecoles Independentes), a de Portugal (APESP – Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado), a da Alemanha (Verband der privaten hochschulen) e a de Espanha (Asociacion espanola de escuelas de negocios).

UGEI, APESP, Verband der privaten hochschulen e a Asociacion espanola de escuelas de negocios juntaram esforços

Esta declaração tem por objectivo tornar o acesso ao ensino superior mais democrático, permitindo a satisfação de uma procura cada vez mais forte por programas de ensino superior nos Estados europeus. Também contribui para fomentar as economias europeias lideradas pelo conhecimento.

O ensino superior privado está a adquirir cada vez maior importância, sendo, por isso, chamado a desempenhar um papel cada vez mais relevante, tanto na Europa como no mundo.

Conscientes dos desafios colocados por uma Europa exemplar e inclusiva no contexto de um mundo globalizado, onde estão a surgir novos modelos sociais alternativos, o ensino superior independente europeu pretende desempenhar o seu papel na construção da Europa e promover os valores da inclusão social, a excelência académica e científica, a liberdade e a democracia.

As entidades signatárias assinaram a Declaração que afirma a necessidade de reconhecer o verdadeiro valor do papel desempenhado por este sector no acolhimento e formação de estudantes na Europa, bem como afirmam o desejo de aumentar a cooperação entre si, com base no processo de Bolonha, comprometendo-se, nomeadamente, a:

  • Garantir educação e formação de alta qualidade e excelência académica,
  • Promoção de formação profissional e dos chamados “cursos de sanduiche”,
  • Adaptar os programas aos desafios europeus, do presente e do futuro,
  • Formar cidadãos europeus responsáveis e conscientes das exigências de uma economia sustentável,
  • Contribuir para o desenvolvimento de regiões emergentes e antecipar mudanças no mercado de emprego,
  • Contribuir para o impulso dinâmico da Área Europeia de Ensino Superior.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.