Notícias

Porque é que as boas ideias também falham?

      
Porque é que as boas ideias também falham?
Porque é que as boas ideias também falham?  |  Fonte: shutterstock

REGISTE GRATUITAMENTE O SEU CURRÍCULO

ENTRE AQUI

Todos os dias surgem excelentes ideias, mas o facto de serem boas não significa que venham a ser bem-sucedidas no mercado. Existem pelo menos 10 razões que explicam o porquê de algumas excelentes ideias falharem:

  1. Desfasamento temporal
    O timing é fundamental para o sucesso de tudo. Se uma ideia não estiver adequada ao seu tempo, se for demasiado revolucionária, pode não ter viabilidade para avançar, seja porque obriga a custos demasiado elevados naquele momento, por não existir ainda a tecnologia que torne o processo mais acessível, acabando por ser preferível o seu abandono ou adiamento para uma outra altura.
  2. Saturação do mercado
    Se todos fazem o mesmo, há que pensar na competitividade e na competição. Sem diferenciação que permita um mesmo bem ou serviço a preços mais competitivos, acabará por perder a corrida. Independentemente do criador original ganhará a corrida aquele que conseguir superar-se pela diferenciação: qualidade e ou vs preço.
    Aposte na diferenciação
  3. Solução de problemas
    Algumas ideias foram consideradas “acidentalmente bem-sucedidas” como o Facebook, os Post-its ou os chocolates M&M’s. São conceitos que aparentemente parecem não ter muita utilidade, mas que uma vez transformados em produtos, com o tempo passaram a ser bastante utilizados. Seja criativo!
  4. Popularidade
    Algumas ideias acabam por fracassar porque estão envolvidas em polémicas ou opiniões menos populares e que em nada nada têm a ver com o produto em si.
  5. Má execução
    Por mais apaixonado que seja pela sua ideia, se não souber executá-la não terá grandes probabilidades de vir a ser bem-sucedido. Para que seja bem sucedido terá que ter em mente que os detalhes não são apenas detalhes, pois fazem a distinção entre o sucesso e o fracasso.
    O que quer que faça, faça-o bem!
  6. Os números não correspondem
    Pode ter a melhor ideia do mundo, mas se ignorar os fatores relacionados com o custo de produção, distribuição e outras implicações diretas no preço final do produto ou serviço, as coisas podem correr menos bem.
  7. Demasiados riscos para os poucos benefícios
    Não estamos a dizer que não deve correr riscos, no entanto, aventurar-se demasiado em busca de poucos resultados é desgastante e leva a perda de tempo desnecessária e prejudicando os retornos das suas ideias.
    Saiba medir bem os riscos
  8. Suposições erradas vs análise de dados
    Basear-se apenas em suposições e não em dados concretos também pode fazer com que a sua ideia não resulte. Seja o mais analítico possível e tente reunir o máximo de dados e variáveis possível para ponderar e decidir com propriedade.
  9. Estrutura precária
    Praticamente todos os produtos e serviços precisam de algum tipo de infraestrutura de suporte. Não basta apenas lançar um produto ou serviço no mercado. Terá que estar preparado para manter e investir na organização interna de suporte.
  10. Falhas de administração
    A maneira como executa e administra a sua ideia também é parte essencial para o sucesso e viabilidade da mesma. Mais do que um chefe ou patrão, seja um líder!
    As ideias precisam de bons líderes!

Se está à procura de emprego registe-se também nos portais da rede Trabalhando e consulte as ofertas disponíveis para as várias áreas.

E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo, também tem agora disponível o AJUDAMOS.PT. Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.