Notícias

Estudantes de Mestrado da UBI criam videojogo que alerta para a cibersegurança

      
Estudantes de Mestrado da UBI criam videojogo que alerta para a cibersegurança
Estudantes de Mestrado da UBI criam videojogo que alerta para a cibersegurança  |  Fonte: UBI

CONHEÇA O PORTAL DE ESTUDOS UNIVERSIA

ENTRE AQUI E INFORME-SE!

O projeto Game for Cybercrime Prevention que tem como target os jovens entre os 14 e os 17 anos foi elaborado a partir de uma colaboração entre a Universidade da Beira Interior (UBI) e a TaC - Together Against Cybercrime International, o trabalho de Inês Lopes e Gonçalo Fonseca resultou na criação do design de um videojogo para smartphone que alerta para as boas práticas no âmbito da cibersegurança e para os riscos da utilização da Internet

O target são os target os jovens entre os 14 e os 17 anos

Apresenta um modelo alternativo aos habituais jogos educativos, propondo ao utilizador que recorra os seus conhecimentos para ultrapassar os desafios, centrados nos campos que maiores preocupações têm suscitado ao nível internacional, como as redes sociais, por exemplo.

Os dois estudantes apresentaram a ideia no Internet Governance Forum (IGF) das Nações Unidas – que decorreu em Genève (Suíça), em dezembro –, a convite da TaC, uma organização não governamental com sede em França.

Além da divulgação do projeto, estabeleceram contactos com o objetivo de conseguir apoios para criar uma startup, em linha com um dos propósitos do Mestrado que frequentam, que passa por preparar os alunos para a criação de iniciativas empresariais a partir das ideias desenvolvidas durante o curso.

“Neste evento sobre Governação da Internet, foi-nos possível participar em várias sessões sobre temáticas da mesma e observar os diferentes pontos de vista que diferentes países e culturas têm relativamente ao assunto. Tivemos também a possibilidade de participar num debate entre jovens do Youth IGF Movement e membros da Delegação da União Europeia, com a participação da Comissária Europeia da Economia e Sociedade Digital, Mariya Gabriel”, refere Inês Lopes.

Inês Lopes e Gonçalo Fonseca são licenciados em Engenharia Informática pela UBI, tendo a primeira já concluído o Mestrado com uma dissertação baseada no videojogo, enquanto o segundo está a trabalhar no mesmo. Para os trabalhos académicos e o desenvolvimento do projeto contaram com a orientação dos docentes Frutuoso Silva e Pedro Inácio, ambos do Departamento de Informática da UBI.

Leia tambémmais notícias sobre a Universidade da Beira Interior, uma das 1341 universidades da rede Universia - 31 a nível nacional.

E se tem algum tempo disponível e gostava de abraçar uma causa e enriquecer o seu currículo, também tem agora disponível o AJUDAMOS.PT. Clique e informe-se de que forma pode ajudar ou ser ajudado:



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.