Notícias

5 redes sociais para os amantes da privacidade

      
Existem redes sociais alternativas ao Facebook em que a privacidade está mais protegida
Existem redes sociais alternativas ao Facebook em que a privacidade está mais protegida
    • Para quem quer manter a privacidade dos seus dados, existem redes sociais alternativas ao Facebook.
    • São mais pequenas, mas não terá que aguentar a publicidade relacionada com as suas pesquisas no Google.
    • A Signal, por exemplo, é uma rede social criptografada da cabeça aos pés.

Localização, idade, geração, género, idioma, nível educativo, área de estudos, escola, afinidade étnica, salário, tipo de moradia e posse, valor da casa, composição do local, relações à distância, mudanças de emprego, compromissos, casamentos, paternidades, marca e idade dos carros, sistema operativo, serviço de e-mail, navegador, tipo de cartão de crédito ...

Estes exemplos são uma pequena amostra dos 98 campos que, como segundo uma pesquisa feita pelo The Washington Post, fazem parte das frações de privacidade que o Facebook retira das nossas contas de utilizador. Incomoda-o? Não está sozinho.

A solução é uma mudança, há vida além do Facebook. São pequenos rivais, na maioria dos casos estão ainda a desenvolver-se, mas têm uma coisa que a rede social de Zuckerberg não tem: zero interesse nos seus dados.

Mastodon

Este espaço recebe - enquanto estas linhas são escritas - 124.753 utilizadores que até o momento já publicaram 4.233.077 estados. Embora seja um grão de areia no universo de 2 mil milhões de utilizadores ativos por mês no Facebook tem as suas vantagens.

Os habitantes do Mastodon podem controlar quem vê as suas mensagens de texto, fotos ou vídeos, que, a propósito, mantêm a ordem cronológica e não aparecerão misturados com publicidade semelhante às suas últimas pesquisas. Além disso, inclui alertas de spoiler.

Scuttlebutt

"Uma rede social genial com muitas pessoas boas que nenhuma empresa pode controlar e que também funciona offline." É assim que se apresenta o Scuttlebutt.

Para entrar neste espaço, é necessário apenas instalar o Patchwork e inscrever-se. Cada utilizador pode entrar em contato com aqueles que estão conectados a uma rede local, como o Wi-Fi de um café, ou pode ligar-se remotamente a pessoas por meio de pubs, servidores que o Scuttlebutt compara a bares.

Porquê? O utilizador pode entrar para estar com os seus amigos, mas pode sair quando quiser. E não precisa estar registado se quiser apenas conversar com os seus contatos locais.

Além disso, se ficar sem acesso à Internet, toda a rede será armazenada numa pasta no seu computador, para que possa navegar sempre que quiser. As mensagens privadas no Scuttlebutt são criptografadas de ponta a ponta e quando bloqueia alguém, ela desaparece completamente: não precisará ver as suas publicações, mesmo que os seus outros amigos as partilhem.

Ricochet

Se o Facebook não faz o seu género, experimente Ricochet, onde pode partilhar mensagens instantâneas e absolutamente privadas. No meio da conversa não há servidores que alguém possa monotorizar, censurar ou hackear. Utiliza a rede Tor, na qual pontos de encontro entre utilizadores anónimos podem ser estabelecidos. A sua lista de contatos nunca sairá do seu computador e todas as mensagens serão criptografadas.

Agorakit

Agorakit é uma espécie de fórum e uma ferramenta de trabalho colaborativo. A desvantagem é que paga pela privacidade. Esta rede oferece a possibilidade de criar grupos abertos ou fechados, permite estabelecer calendários colaborativos e pastas com documentos partilhados ao estilo do Google e inclui a opção de geolocalizar grupos, pessoas ou eventos.

Signal

Se quiser levar a conversa para o telemóvel, experimente o Signal, a aplicação de mensagens favorita de Edward Snowden: texto, imagem, voz, vídeo e documentos criptografados de ponta a ponta, da cabeça aos pés e grátis.

Todos os dados descarregados no Signal pertencem ao telefone que os contém. Além disso, pode definir um intervalo de desaparecimento para as suas conversas, de forma que as mensagens enviadas sejam apagadas de vez em quando para todos os utilizadores que participarem.

Como melhorar a tua marca pessoal?

Ebook_Como melhorar a tua marca pessoal?

Na época do Internet e redes sociais a marca pessoal ganhou uma importância incontornável. Aprende a diferenciar-te.

Baixá-lo e descubra quais



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.