Notícias

Bolsas de Mobilidade Ibero-americana do Santander Totta com Investimento superior a meio milhão de euros

      
Bolsas de Mobilidade Ibero-americana do Santander Totta com Investimento superior a meio milhão de euros
Bolsas de Mobilidade Ibero-americana do Santander Totta com Investimento superior a meio milhão de euros  |  Fonte: Shutterstock

As 210 bolsas disponíveis vão ser atribuídas ao longo deste ano a estudantes, professores e investigadores em países ibero-americanos, representando um investimento superior a meio milhão de euros.

A nova edição do Programa de Bolsas de Mobilidade está a decorrer desde o início do mês e abrange 22 Universidades e Institutos Politécnicos em Portugal.

A iniciativa visa fomentar o intercâmbio de alunos e investigadores entre Universidades dos dois continentes. De Portugal, mais de 1500 estudantes já tiveram a oportunidade de ter uma experiência do outro lado do Atlântico ao abrigo deste programa.

O programa é desenvolvido pelo Grupo através do Santander Universidades em 10 países do Grupo – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Perú, Portugal, Porto Rico e Uruguai, sendo disponibilizadas no total 3000 bolsas, num investimento anual de 9 milhões de euros.
Em Portugal, os alunos de licenciatura e mestrado podem optar pelo Programa de Bolsas Luso-Brasileiras ou pelo Programa de Bolsas Ibero-Americanas. Em ambos os casos, os estudantes beneficiam de um intercâmbio de 6 meses numa Universidade participante. Os professores e investigadores podem usufruir do Programa de Bolsas Santander Investigação, que proporciona estadias de 2 meses ou, se forem alunos de doutoramento, bolsas de 4 meses.
As candidaturas a cada um dos três programas devem ser formalizadas junto dos Gabinetes de Relações Internacionais de cada Universidade e, posteriormente, devem ser submetidas no site www.becas.santander.com, que reúne mais informações sobre os programas.

A concessão de bolsas e a mobilidade internacional são dois eixos importantes do apoio do Santander ao Ensino Superior. Em 2015 foram concedidas mais de 35.000 Bolsas Santander para universitários de todo o mundo. Trata-se do maior investimento em programas de bolsas e mobilidade realizado por uma instituição privada. Deste número, 44% foram bolsas de mobilidade, 31% estágios em empresas, 21% bolsas de estudo e 4% prémios de excelência.

Em Portugal, em 2016, o Banco investiu 6.8 milhões de euros em atividades relacionadas com responsabilidade corporativa, entre os quais 5.9 milhões diretamente no Ensino Superior em Portugal. Deste montante, foram entregues 975 bolsas e prémios aos universitários.

Instituições participantes em Portugal:
Universidade do Porto
Universidade de Coimbra
Universidade Nova de Lisboa
Instituto Superior de Agronomia
Universidade de Aveiro
Faculdade de Motricidade Humana – Universidade de Lisboa
Universidade da Beira Interior
Universidade da Madeira
Instituto Politécnico do Porto
ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa
Instituto Superior Técnico – Universidade de Lisboa
Instituto Politécnico de Setúbal
Instituto Politécnico de Castelo Branco
Instituto Politécnico de Tomar
Universidade Lusíada
Universidade de Évora
Universidade dos Açores
Universidade Europeia
Instituto Politécnico da Guarda
Escola Superior de Enfermagem do Porto
Escola Superior de Enfermagem de St. Maria
Instituto Superior da Maia

Nota: para ver quais os programas específicos que cada uma das Instituições integra, consultar o site www.becas-santander.com

Quer saber mais?
Veja todas as notícias


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.