Notícias

Estudantes de Macau já se podem candidatar ao ensino superior em Portugal

      
Estudantes de Macau já se podem candidatar ao ensino superior em Portugal
Estudantes de Macau já se podem candidatar ao ensino superior em Portugal  |  Fonte: CCISP

CONHEÇA O PORTAL DE ESTUDOS UNIVERSIA

ENTRE AQUI E INFORME-SE!

O Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) acaba de formalizar um protocolo de cooperação com o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior (GAES) da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), que possibilita a receção de estudantes macaenses nos politécnicos portugueses. Assinado ontem, dia 21 de setembro, no Politécnico de Leiria, este acordo preconiza a utilização dos resultados do exame unificado de acesso às Instituições do Ensino Superior de Macau, de forma a que os estudantes macaenses possam ingressar nos estabelecimentos públicos de ensino superior politécnico afiliados do CCISP.

O acordo estabelece que o GAES disponibilize os resultados dos exames unificados de acesso ao Ensino Superior e emita os devidos comprovativos de realização de exame dos estudantes que pretendam ingressar numa instituição portuguesa de ensino superior politécnico. Já ao CCISP compete divulgar os resultados dos exames aos seus afiliados, selecionar os candidatos e notificá-los sobre os resultados das suas candidaturas.

Para Nuno Mangas, presidente do CCISP e presidente do Politécnico de Leiria, «este é um passo de consolidação do que tem sido uma relação de parceria com as instituições de ensino superior de Macau, e que propicia a vinda de mais estudantes, além de ser importante para Portugal, pois na prática estamos a promover o ingresso de mais estudantes no nosso ensino superior». «Portugal tem tido um papel de charneira entre a China e Macau, sobretudo nas relações económicas e sociais entre os dois países. Esta nova parceria protocolar não é só uma oportunidade para as instituições politécnicas portuguesas, mas também para o País, pois vai muito para além da formação» destaca ainda Nuno Mangas.

Sou Chio Fai, coordenador do GAES da Região Administrativa Especial de Macau, realça igualmente a consolidação da relação de cooperação com as instituições de Portugal, o que permitirá criar mais ações entre Macau e Portugal. «Os estudantes macaenses têm mais oportunidades de formação no futuro e mais opções, porque a partir de agora podem formar-se em Portugal ao nível do Ensino Superior» destaca o responsável.

O secretário para os Assuntos Sociais e Culturais de Macau, Alexis Tam, evidenciou o longo percurso histórico do seu país com Portugal, e encorajou os jovens estudantes presentes no Instituto Politécnico de Macau a aproveitar as oportunidades académicas. «Acredito que não é fácil aprender uma nova língua, sobretudo a portuguesa, mas é um sacrifício que vale a pena, porque Macau precisa de vocês: pessoas bilingues, pessoas qualificadas. Portugal é um país bilíngue, o sítio ideal para estudar.»

A cerimónia contou com a presença de Nuno Mangas, presidente do CCISP e do Politécnico de Leiria, dos representantes de várias instituições politécnicas portuguesas, e de uma comitiva do GAES da Região Administrativa Especial de Macau, presidida por Sou Chio Fai, e composta por dirigentes das Instituições de Ensino Superior de Macau.

Leia também mais notícias sobre estudantes internacionais.

E se está ou vai frequentar o ensino superior em Portugal conheça também alguns apoios disponíveis.

O Instituto Politécnico de Leiria é uma das 31 instituições de ensino superior portuguesas que integram a rede Universia em Portugal e uma das 1407 a nível ibero-americano. Consulte os cursos disponíveis no Instituto Politécnico de Leiria e as suas saídas profissionais. Leia também mais notícias Universia sobre o Instituto Politécnico de Leiria.

Quer saber mais? 
Veja todas as notícias


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.