Notícias

5 competências de negociação essenciais num bom currículo

      
5 competências de negociação essenciais num bom currículo
5 competências de negociação essenciais num bom currículo  |  Fonte: Shutterstock Brasil

REGISTE O SEU CV GRÁTIS

REGISTE AQUI

Sobretudo nas grandes empresas, antes de qualquer transação deverá haver uma negociação. Esta é também uma das razões pelas quais as empresas privilegiam os candidatos que revelam ter boas competências de negociação. Esta capacidade é valorizada não apenas para grandes transações mas também para as pequenas coisas do dia a dia. Existem várias situações em que as competências de negociação podem impulsionar a sua carreira e vida pessoal, como negociações salariais ou até mesmo a discussão para decidir onde é que um grupo de amigos vai comer ou quem vai fazer o quê num trabalho de grupo.

Para estimular as sua capacidade de negociação deverá adquirir ou trabalhar as seguintes competências a incluir no currículo:

  1. Confiança
    A relação entre compradores e vendedores tornou-se cada vez mais rígida ao longo dos anos e a cultura atual estipula a definição do preço como sendo a palavra final. No entanto, nem todas as negociações têm que ser assim e ao iniciar uma negociação está a demonstrar confiança. Para uma negociação bem-sucedida acontecer, antes de a iniciar precisa de se convencer a si mesmo que está no seu direito discutir a situação.

    A única forma de chegar a um resultado satisfatório é praticando. Comece aos poucos, e nem sempre terá que se tratar de uma transação económica. A negociação começa nas mais pequenas coisas: quem faz o quê em casa ou num grupo de trabalho; uma conversa com o professor para ter mais uma oportunidade para melhorar uma nota ou qualquer outra situação do dia a dia.

    2. Capacidade de sociabilização
    Os grandes negócios podem ser feitos entre adversários, mas nunca entre inimigos. Independentemente do que está a ser negociado, a capacidade de estabelecer um ambiente calmo e de conseguir manter a conversa num tom agradável é útil a qualquer um. Uma negociação parece-se mais com uma dança do que com uma luta e os melhores acordos são aqueles em que ambas as partes saem satisfeitas.

    3. Controle das emoções
    Imagine que encontrou exatamente o que procurava numa loja ou numa feira. Antes de começar a negociar certifique-se que vai conseguir manter as suas emoções controladas. Saber conter as suas emoções e o seu entusiasmo torna-se fundamental para conseguir atingir o seu objetivo, se se torna evidente que quer mesmo aquele artigo dificilmente lhe vão baixar o preço. Para ganhar pontos na sua negociação, deverá ainda deixar implícito que tem outras oportunidades.

    4. Paciência
    Tendo pouca experiência na área, algumas experiências podem parecer-lhe demasiado estranhas. Mantenha-se calmo e tente não lançar a primeira oferta, porque a primeira pessoa a avançar com um valor poderá partir em desvantagem. Tenha paciência, vá lendo os sinais e espere por um avanço da outra parte.

    5. Preparação prévia
    Para uma negociação bem sucedida terá que fazer o seu trabalho de casa. Comece a conversa sabendo exatamente o valor do que quer, do que está disposto a pagar e, o mais importante, tenha consciência de até quanto consegue pagar.

Quer saber mais? 
Veja todas as notícia


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.