Notícias

Melhores estudantes de engenharia da Universidade de Aveiro não pagarão propina

      
Fonte: Fonte: Shutterstock
Empresas vão pagar as propinas de estudantes do primeiro ano de Mestrado Integrado de Engenharia (MIEF) da Universidade de Aveiro (UA) que se destaquem.

Os caloiros com as sete melhores médias, entre 14 e 17,5, serão premiados com este investimento. Esta é a segunda vez que o Departamento de Física promove este prémio, com o objetivo de reduzir as necessidades de engenheiros no mercado de trabalho.

Segundo João Miguel Dias, diretor do Departamento de Física (Dfis) da instituição, estes prémios são destinados aos estudantes de destaque e mostram que as empresas, através do apoio financeiro, reconhecem a importância e a necessidade de formação de quadros superiores na área da Engenharia Física.

Além do auxílio das empresas, todos os anos a UA isenta do pagamento de propina os caloiros que escolham a instituição como primeira opção no concurso nacional de acesso e que tenham candidatura igual ou superior a 17,5. Para mais informações sobre as propinas para estudantes da Universidade de Aveiro, clique aqui.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.