Notícias

Ministério projeta um total de 78.250 alunos aprovados no ensino superior

      
Fonte: Shutterstock
Começaram as candidaturas para a 2ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, que ficam abertas até o dia 23 de setembro. As candidaturas para a 3ª fase começam no dia 6 de outubro.  Na primeira fase, segundo os resultados divulgados no dia 11 de setembro, o número de estudantes a integrar o ensino superior público em Portugal foi de 42.958. Pelo terceiro ano consecutivo a quantidade de alunos que chegam à universidade aumentou. Em relação ao ano letivo anterior, o número de alunos subiu 2,1%.

Leia também:
» As 10 profissões mais promissoras para o futuro
» Católica vai inaugurar o primeiro curso de medicina particular do país
» 78% dos jovens portugueses estão dispostos a emigrar em busca de melhores condições de trabalho

Para as instituições e para o Ministro do Ensino Superior, o aumento do número de alunos que entraram no ensino superior nesta primeira fase está relacionado a uma maior confiança no setor, tanto por parte dos alunos como das famílias. Outro motivo possível é o aumento do poder de compra dos portugueses.

Em entrevista ao jornal Público, o presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), Joaquim Mourato, comentou também o aumento que este sistema de ensino alcançou. Para ele, a confiança neste tipo de instituições também aumentou e a maior quantidade de alunos que ingressaram vai ajuda o país a cumprir as metas europeias, além de que prova também que não há ensino superior a mais.

Concurso mais

O aumento de candidatos ao ensino superior foi maior que o aumento do número de aprovados, comprovando um nível de competitividade no concurso. Pouco mais de metade dos candidatos conseguiu uma vaga na sua primeira opção de curso, mas 84% dos estudantes foram aprovados numa de suas três primeiras opções.

Nesta edição foram disponibilizadas 50.688 vagas, das quais 8.022 não foram preenchidas. A expectativa é que, com as duas próximas candidaturas, mais 3.700 alunos sejam aprovados. Além disso, estima-se que mais 24 mil entrarão por outras formas de seleção e que 7.400 serão aprovados nos cursos técnicos superiores profissionais, contabilizando um total de 78.250 alunos, segundo o ministério.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.