Notícias

Seminário Novas tecnologias: Uso ou abuso? analisa as preocupações de professores e educadores em contexto digital

      
Seminário Novas tecnologias: Uso ou abuso? analisa as preocupações de professores e educadores em contexto digital
Seminário Novas tecnologias: Uso ou abuso? analisa as preocupações de professores e educadores em contexto digital  |  Fonte: SIPE

Esta iniciativa conta com a presença de Carlos Anjos, da Comissão de Proteção às Vítimas de Crime, David Justino, do CNE – Conselho Nacional de Educação, Rosário Carmona e Costa, do CADIn – Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil, e o docente da Universidade de Aveiro Vania Baldi.

O Centro Cultural e de Congressos de Aveiro acolhe o seminário Novas tecnologias: Uso ou abuso? a partir das 9h30 do dia 18 de março. Como já foi referido, a iniciativa pretende debater e analisar os principais desafios e preocupações dos pais e docentes perante a utilização das novas tecnologias, por parte de crianças e jovens, em contexto digital.

No âmbito dos painéis As novas tecnologias e o Cyberbullying e o (Ab)uso Excessivo das Novas Tecnologias – Sinais de alerta esta iniciativa vão abordar questões relacionadas com o bullying, o cyberbulliying, o sexting, com destaque para o papel das vítimas e dos agressores, mas também da família de ambas as partes, bem como da escola. Neste contexto haverá ainda lugar ao debate do tema “Gestão do uso das novas tecnologias e plataformas interativas”, com particular enfoque na utilização de equipamento como os smartphones, tablets, computador, televisão, além de jogos interativos e redes sociais.

Para Júlia Azevedo, presidente do SIPE, «os professores desempenham um papel essencial no que respeita à prevenção e sanação de conflitos resultantes de situações de bullying e também cyberbullying, porque é muitas vezes no seio da escola que surgem estes casos». A professora recorda que «as crianças e os jovens passam mais tempo nas escolas do que em casa, portanto é necessário que se criem condições para que sintam seguros, e possam contar com o apoio dos professores na prevenção e resolução de situações que possam condicionar o seu desenvolvimento pessoal, social e académico».

O evento decorrerá durante o período da manhã do dia 18 de março, entre as 9h30 e as 13h30, seguindo-se um almoço entre os participantes. A sessão de abertura estará a cargo da presidente do SIPE, Júlia Azevedo, e contará igualmente com as intervenções de David Justino, do CNE, e do presidente da Câmara Municipal de Aveiro, José Ribau Esteves. A moderação dos debates está a cargo da docente Paula Correia , sendo que o encerramento será feito por Sandra Esteves, secretária regional do SIPE, em Aveiro.

O SIPE é um sindicato, apartidário e totalmente independente, que congrega educadores e professores de todos os níveis e graus de ensino, tendo em vista um objetivo comum: unir a classe docente e devolver-lhe a dignidade e projeção a que tem direito.  O SIPE disponibiliza uma mesa negocial para a defesa, incondicional, dos interesses socioprofissionais dos docentes e a manutenção dos seus direitos adquiridos, atendimento personalizado, quer nas suas instalações quer nas escolas onde se deslocam, atendimento online, apoio jurídico, e centro de formação – o maior atualmente a garantir formação contínua aos professores em Portugal.

Quer saber mais?
Veja todas as notícias


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.