Notícias

18 valores para o mais recente engenheiro civil do país oriundo da Síria

      
18 valores para o mais recente engenheiro civil do país oriundo da Síria
18 valores para o mais recente engenheiro civil do país oriundo da Síria  |  Fonte: Universidade de Aveiro

Ihssan Khalifeh tem 25 anos chegou ao Departamento de Engenharia Civil (DECivil) da Universidade de Aveiro (UA) em 2014, deixando para trás a guerra na Síria. Conclui agora o seu Mestrado em Engenharia Civil com 18 valores após a apresentação e defesa do relatório de estágio que realizou na Mota-Engil e que lhe valeu ainda um convite para continuar ao serviço da empresa.

Recebido na UA no âmbito da Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios, uma iniciativa do ex-Presidente da República Jorge Sampaio que já trouxe para a academia de Aveiro sete jovens refugiados sírios para aqui continuarem os estudos, Ihssan Khalifeh estudava Engenharia Civil na Yarmouk Private University, em Damasco. As primeiras bombas soaram quando terminou a licenciatura. Refugiou-se na Jordânia deixando para trás a família e após 8 meses sem estudar, teve conhecimento da iniciativa de Jorge Sampaio, inscreveu-se e foi aceite. 

 “Quando cheguei a Portugal as aulas no DECivil já tinham começado e precisava de me adaptar rapidamente à nova vida universitária e à língua portuguesa”, explica-nos Ihssan Khalifeh que reconhece ainda ter recebido da UA “um apoio enorme, não só dos docentes, mas também da maioria dos colegas do departamento que o ajudaram a adaptar-se “bem e o mais rapidamente possível”.

Após a conclusão das unidades curriculares, candidatou-se a um estágio curricular na Mota-Engil, proposta que a empresa acolheu há 8 meses de braços abertos. No seu estágio, Agostinho Benta, o professor do DECivil que, juntamente com José Balsas, engenheiro da Mota-Engil, o orientou nesta fase, explica que Ihssan Khalifeh “acompanhou as atividades diárias de planeamento e gestão de obra, em particular a construção dos pavimentos e os respetivos processos de formulação, fabrico, aplicação e controlo de qualidade das camadas betuminosas”. Estas atividades, aponta o docente, “envolveram o estudante em estudos de preparação em gabinete, trabalhos laboratoriais e acompanhamento da execução na frente de obra”.

Atualmente, quase um ano depois de ter chegado à Mota-Engil, Ihssan Khalifeh está a trabalhar no departamento de produção e é um dos adjuntos do diretor da obra.

Desde o seu ingresso no DECivil, aponta Ana Velosa, diretora do Mestrado Integrado em Engenharia Civil, “o estudante Ihssan Kalifeh trilhou um percurso no qual se salienta a sua participação ativa nas aulas e atividades académicas, assim como a sua facilidade de integração num novo meio”.

Tendo tido o “privilégio” de acompanhar este percurso, a docente salienta “a simpatia e boa disposição que sempre fizeram parte das conversas” entre os dois.  “Não posso deixar de me lembrar da primeira vez que tivemos uma conversa inteiramente em português, sem que eu estivesse minimamente preparada para o excelente domínio da língua por parte do Ihssan. Foi uma surpresa”, lembra.

O “enorme empenhamento e determinação de Ihssan Kalifeh aliados ao gosto pelo trabalho na área de Engenharia Civil”, antevê Ana Velosa, “vai-se traduzir com certeza num desempenho profissional de qualidade nesta área”.

E se está à procura de emprego ou de estágio profissional ou currícular, consulte também os portais da rede Trabalhando. Deixe-nos o seu currículo atualizado e candidate-se às ofertas disponíveis em www.emprego.universia.pt.

Leia também mais notícias sobre a Universidade de Aveiro.

Não deixe de consultar também o atual Top 5 das melhores universidades em Portugal por área e de acordo com o ranking mundial QS.

A Universidade de Aveiro é uma das 31 universidades portuguesas que integram a rede Universia em Portugal e uma das 1407 a nível ibero-americano. Consulte também o nosso portal de mobilidade.

Quer saber mais?
Veja todas as notícias


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.