Notícias

Banco Santander reitera o seu compromisso com a Universidade na I Cimeira Europeia para a Educação

      
Banco Santander atualmente já mantém mais de 1100 acordos em 21 países
Banco Santander atualmente já mantém mais de 1100 acordos em 21 países
  • O presidente do Santander Universidades interveio em representação do Banco Santander, que mantém mais de 1.100 acordos com universidades de 21 países.
  • O Banco Santander participa na I Cimeira Europeia para a Educação para ‘Cimentar as bases de um Espaço Europeu de Educação: por uma educação inovadora, inclusiva e baseada em valores’.
  • A finalidade deste compromisso é contribuir para o progresso das pessoas e da sociedade através da educação superior.

O Banco Santander participou hoje na I Cimeira Europeia para a Educação, impulsionada pelo comissário europeu de Educação, Cultura, Juventude e Desporto, Tibor Navracsics, com o lema ‘Cimentar as bases de um Espaço Europeu de Educação: por uma educação inovadora, inclusiva e baseada em valores’.

A entidade bancária fez-se representar por Matías Rodriguez Inciarte quem interveio na qualidade do presidente do Santander Universidades para dar a conhecer o compromisso do Santander com o mundo universitário, desde há mais de 20 anos, com a convicção de que a Universidade é fundamental para o progresso económico e social.

Segundo Rodríguez Inciarte, este compromisso “Traduz-se num programa pioneiro único, Santander Universidades, cuja finalidade é contribuir para o progresso das pessoas e da sociedade através do apoio à educação superior em todos os países em que estamos presentes.”

O Santander mantém mais de 1.100 acordos com universidades de 21 países, uma colaboração que se consolidou como um dos seus traços de identidade e que lhe valeu reconhecimentos como o da Fundação Varkey, em colaboração com a UNESCO, que no seu relatório de 2015 distinguiu a entidade financeira como a empresa privada que mais investe no apoio à educação no mundo.

O presidente do Santander Universidades explicou perante 18 ministros da Educação da UE e inúmeros profissionais e representantes do sector que assistiram ao evento os eixos estratégicos que estruturam a colaboração do Santander com as instituições académicas: programas de bolsas que favorecem a equidade educativa e a inclusão, e bolsas que apoiam a internacionalização dos estudantes e o desenvolvimento do talento; o fomento do empreendedorismo universitário e a empregabilidade para favorecer o desenvolvimento profissional dos jovens e, por último, a modernização e digitalização para facilitar a transformação digital das universidades.

O Banco Santander  concedeu mais de 290.000 bolsas desde 2005 e destinou mais de 1.600 milhões de euros para a educação ao longo da sua trajetória como mecenas das instituições universitárias e centros de investigação



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.