Notícias

Como será a realidade virtual no escritório do futuro?

      
A realidade virtual no escritório vai permitir criar cenários imaginários para uma maior concentração
A realidade virtual no escritório vai permitir criar cenários imaginários para uma maior concentração
  • A realidade virtual continuará a marcar as tendências dos próximos anos.
  • No escritório do futuro com a ajuda da realidade virtual será possível mudar de cenário e simular que se está junto ao mar ou no campo.
  • A simulação de objetos 3D permitirá por exemplo que se experimentem automóveis antes da compra.

A realidade virtual está longe de se limitar ao entretenimento e videojogos. Nos próximos anos, os especialistas acreditam que esta tecnologia vai ser adotada em larga escala no mundo empresarial. Os vídeos 360 graus estão cada vez mais na moda, permitindo ao utilizador ter uma experiência imersiva.

Alguns dos maiores gigantes tecnológicos, como a Google, Samsung, Microsoft, Sony e o Facebook, estão a desenvolver os seus próprios óculos de realidade virtual para nos transportarem para outros lugares de forma mais credível.

Um estudo da ABI Research considera que a realidade virtual continuará a marcar as tendências dos próximos anos, prevendo uma tendência de crescimento anual deste mercado de 106% nos próximos cinco anos.

Queres visitar um museu no outro lado do mundo ou viajar pelo interior do corpo humano? Apenas necessitas de uns óculos de realidade virtual. E já te imaginaste a trabalhar com este acessório? Acredites ou não, pode mesmo acontecer. 

Escritório do futuro: um lugar de hologramas

No escritório do futuro o trabalhador poderá abrir e fechar documentos sobre hologramas sobrepostos no mundo real. Os funcionários poderão também aceder a informação instantânea e visualizá-la de diferentes formas, desde o tradicional texto até às representações em 3D desenhadas em tamanho real.

Gostavas de estudar informática?

Encontra universidades

O trabalho será orientado através de múltiplos cenários holográficos de modo a libertar os empregados dos monitores dos computadores e a permitir que vejam os dados e informações noutra perspetiva.

O sistema de manipulação de objetos holográficos permite ordenar os documentos em estantes virtuais de modo semelhante ao filme Relatório Minoritário (2002), do realizador de cinema Steven Spielberg.

Os novos sistemas vão também oferecer um motor de busca virtual que permite navegar e visualizar páginas na Internet usando unicamente os dedos.

Um caso prático com modelos 3D

Empresas como a Ford já estão a apostar na realidade virtual: os seus desenhadores podem sentar-se a interagir com modelos 3D dos veículos antes da construção do protótipo físico. Com os óculos de realidade virtual, todos os funcionários dos vários departamentos da empresa podem contemplar e experimentar as simulações dos seus produtos apenas com o uso do telemóvel e um cartão.

As simulações de produtos são assim muito úteis quer na fase das provas antes da criação do protótipo quer na altura da venda quando o cliente for experimentar antes de comprar.

Reuniões mais imersivas com óculos especiais

Os óculos de realidade virtual também podem ser utilizados para que se realizem reuniões mais imersivas seja com os clientes seja entre funcionários da mesma empresa.

A realidade virtual poderá igualmente ser utilizada para ajudar à concentração dos empregados no escritório, em que o ambiente e colegas de trabalho podem ser substituídos por um cenário virtual à escolha, por exemplo uma praia ou montanhas com neve. Esta tecnologia pode igualmente ser útil para os que viajam muito, porque conseguirão concentrar-se no comboio ou no avião.

A tecnologia da realidade virtual também é uma ajuda fundamental para a formação de profissionais qualificados, como os médicos ou astronautas. A realidade virtual oferece a possibilidade de um treino com condições que se aproximam da realidade, podendo ser simuladas situações limite como acidentes ou problemas com equipamentos.

A NASA, por exemplo, já tem um Laboratório de Realidade Virtual para que os astronautas possam familiarizar-se com a Estação Espacial Internacional.

Entre as atuais desvantagens da realidade virtual está o facto de ainda existirem poucos conteúdos vocacionados para esta tecnologia e os equipamentos como os óculos ainda serem pesados e desconfortáveis, mas espera-se que num futuro próximo estas questões sejam ultrapassadas.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.