Notícias

Estuda em Espanha com uma bolsa da Fundação Carolina

      
Candidata-te a uma das 648 bolsas da Fundação Carolina para estudantes e investigadores ibero-americanos
Candidata-te a uma das 648 bolsas da Fundação Carolina para estudantes e investigadores ibero-americanos
  • 648 bolsas da Fundação Carolina para estudantes e investigadores ibero-americanos.
  • Prazo-limite para as candidaturas das bolsas 2018/2019 decorre entre o mês de março e abril.
  • Fundação Carolina nasceu em 2000 e já atribuiu mais de 16.300 bolsas de estudo e bolsas de investigação a universitários ibero-americanos.

A Fundação Carolina, dedicada a fomentar as relações culturais e a cooperação educativa e científica entre a Espanha e Ibero-América, abriu um novo período de candidaturas a bolsas de estudo para o ano letivo de 2018-2019. Foram anunciadas 648 vagas para estudantes ibero-americanos que pretendam completar a formação em Espanha.

O projeto de mobilidade da Fundação Carolina pretende internacionalizar as universidades espanholas e melhorar a imagem exterior do país, apostando numa oferta formativa de qualidade e prestígio dos programas académicos.

Como se distribuem as bolsas?

Nesta 18ª edição estão em cima da mesa bolsas de estudo para sete modalidades de admissão distintas e que se dirigem a diversas áreas de conhecimento:

- Pós-graduação (376 vagas, incluindo 17 renovações)

- Doutoramento (135, incluindo 95 renovações)

- Pós-doutoramento (60)

- Mobilidade para professores brasileiros (24) e portugueses (15)

- 2 bolsas de projetos de empreendimento

- 36 de estudos institucionais do Programa do Centro de Estudos Superiores da Defesa Nacional – CESEDEN (36).

O número de vagas poderá aumentar nos próximos dias em função das negociações em curso. As candidaturas podem ser enviadas até dia 20 de março para as vagas de pós-graduação e empreendimento e até dia 7 de abril para as restantes.

A quem se destinam as bolsas?

- Bolsas de pós-graduação: dirigem-se aos graduados universitários ibero-americanos, com capacidade académica ou profissional avaliada por um curriculum de excelência.

- Bolsas de doutoramento e estadias de curta duração pós-doutorais: o objetivo é facilitar a obtenção do grau de doutor em Espanha, bem como aperfeiçoar a formação pós-doutoramento de professores em centros universitários ibero-americanos.

- Bolsas para mobilidade de professores brasileiros: permitem uma estadia de curta duração de investigação em Espanha para professores ou técnicos superiores de universidades, bem como para investigadores de organismos públicos de investigação do Brasil.

- Bolsas para mobilidade de professores portugueses para universidades e centros públicos de pesquisa espanhóis para complementarem a formação especializada em matérias de educação, engenharia e meio ambiente em sete das principais universidades portugueses: Lisboa, Porto, do Minho, Coimbra, Nova de Lisboa, Aveiro, Évora e o Instituto Universitário de Lisboa.

- Bolsas de empreendimento: possibilitam aos estudantes um complemento à sua formação com um período de estágio em startups e empresas com alto conteúdo tecnológico, com o objetivo de obterem experiência profissional e desenvolverem as aprendizagens.  

Bolsas para o Curso de Altos Estudos Estratégicos para Oficiais Superiores Ibero-americanos do Centro Superior de Estudos da Defesa Nacional (CESEDEN), principal centro de docência das Forças Armadas.

A Fundação Carolina nasceu em 2000 como uma instituição para a promoção das relações culturais, bem como cooperação educativa e científica entre Espanha e os Estados-Membros da Comunidade Ibero-americana de Nações. Desde a sua criação, a Fundação já atribuiu mais de 16.300 bolsas de estudo e bolsas de investigação a universitários ibero-americanos.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.