Notícias

O que se estuda em nanotecnologia?

      
A nanotecnologia já faz parte da sociedade atual e terá grande expansão no futuro
A nanotecnologia já faz parte da sociedade atual e terá grande expansão no futuro
  • A nanotecnologia é uma ciência que se desenrola ao nível dos átomo e moléculas.
  • É uma ciência que pode ser aplicada nas mais diversas áreas desde a energia, à medicina aos chips computadores.
  • No futuro nanorobots podem viajar no corpo humano para combater doenças.

A nanotecnologia já “está à nossa volta” nos telemóveis, computadores e instrumentos de medição médica, embora a maioria das pessoas nem se aperceba desta realidade, alerta Lars Montelius, diretor-geral do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, o centro de pesquisa localizado em Braga que nasceu dos esforços de Portugal e Espanha. 

Com o auxílio dos conhecimentos de diversas áreas científicas, como a química, a física e a biologia, entre outras disciplinas, a nanotecnologia é uma ciência que promete revolucionar o mundo, com grande impacto na área da medicina. Se ainda não te decidiste sobre o teu rumo profissional, fica a conhecer uma área onde poderás desenvolver uma carreira promissora.

O que é a nanotecnologia?

A nanotecnologia é a ciência que se desenrola ao nível dos átomos e moléculas. Os estudantes desta área aprendem a conhecer as bases para criar produtos e processos tecnológicos numa escala muito, mas muito minúscula: o nanómetro (1 nanómetro equivale à bilionésima parte de 1 metro).

Com o auxílio dos conhecimentos de diversas áreas científicas, a nanotecnologia usa técnicas e ferramentas específicas para organizar átomos e moléculas para criar um novo material ou processo. Baseia-se em técnicas experimentais avançadas, técnicas matemáticas e/ou computacionais que podem ser aplicadas à investigação atual em Física, Química, Ciência, Engenharia dos Materiais ou Mecânica.

Onde pode ser aplicada?

A nanotecnologia pode ser aplicada nas mais diversas áreas desde a energia aos componentes informáticos ou à inteligência artificial. Os estudantes podem integrar centros de pesquisa e de desenvolvimento de indústrias, especialmente nos setores petrolíferos, químico, farmacêutico ou da cosmética.

Existem também boas oportunidades na agroindústria, em que podem ser desenvolvidas tecnologias para aumentar a produtividade dos campos ou combater as doenças dos animais. A medicina é outra das áreas onde a nanotecnologia está em franca expansão.

Nanomedicina e robots dentro do corpo humano

A nanomedicina é um dos setores onde se tem investido mais em investigação com o objetivo de combater doenças como o cancro ou para conseguir a deteção precoce de Parkinson ou Alzheimer.

Gostavas de estudar Nanotecnologia?

Procura cursos na Universia

A aposta está na criação de robots de escala nanométrica, os nanorobots, que mediante reações químicas são capazes de criar determinadas ações. Semelhantes a pequenos submarinos, não necessitam de nenhum tipo de energia ou de combustível para funcionar, na medida em que ficam ativos no momento em que entram no organismo para destruir células cancerígenas, reparar roturas de tecidos ou qualquer outra atividade para a qual sejam programados.

Este será um passo gigante para a medicina e vários testes já estão a ser realizados, mas existem ainda alguns receios de que estes nanorobots possam ter efeitos perversos. Serão eles capazes de entrar no corpo humano e controlar a mente?



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.