Notícias

Porque é tão efetiva a gamificação no ensino?

      
A tecnologia e os jogos constituem uma linguagem familiar para as novas gerações
A tecnologia e os jogos constituem uma linguagem familiar para as novas gerações
  • A gamificação é encarada como uma resposta a um dos males da educação: o desinteresse dos alunos.
  • O método inspira-se no uso de jogos na sala de aula ou simplesmente na estratégia de recompensas implícita à passagem de obstáculos nesta forma de entretenimento.
  • A tecnologia é familiar para as novas gerações e a linguagem dos jogos é facilmente compreendida por todos.

A gamificação consiste em utilizar as estratégias de jogos de forma a motivar os estudantes a atingir um objetivo. O uso de recompensas e estímulos que se inspiram nos vídeojogos como ferramenta para a formação em todos os níveis de ensino é uma tendência crescente no mundo.

Numerosos estudos demonstram os efeitos positivos deste método de aprendizagem, contribuindo para aumentar a vontade de saber mais entre os jovens. A gamificação desperta o interesse, aumenta a participação dos estudantes, desenvolve a criatividade e autonomia, promove o diálogo e ajuda a resolver situações limite.

Gostavas de estudar Ciências da Educação?

Procura cursos na Universia

Os especialistas consideram que a gamificação ajuda os estudantes a obter outra perspetiva da aprendizagem, contribuindo para que assimilem melhor os conceitos, por estarem focados não apenas em aprender mas também em divertir-se, acabando por interiorizar o conhecimento de forma espontânea.

Minecraft, um sucesso na sala de aula

Para fazer uso da gamificação não é necessário introduzir jogos de computador prontos a ser utilizados, mas esta é uma das possibilidades. O Minecraft, um vídeojogo sueco recentemente comprado pela Microsoft, em que os jogadores precisam encontrar recursos, construir estruturas e plantar para sobreviver, tornou-se tão popular que foi criada uma versão especial para educadores.

O MinecraftEdu já está a ser utilizado em 4000 escolas de 40 países diferentes, sendo que a Austrália é o maior comprador do jogo. Com mais de 50 milhões de cópias vendidas, a versão educativa do jogo permite supervisionar os trabalhos dos estudantes, indicar tarefas em tempo real e convidar outros professores a participar do mundo virtual.

Dinâmicas de aprendizagem inspiradas nos jogos

O uso de videojogos na sala de aula não é o único caminho. O professor pode também aplicar a gamificação através de várias dinâmicas implementadas com a turma. A principal é trabalhar com base em missões ou desafios, que funcionam como estímulo para a aprendizagem. Outra estratégia é utilizar pontos, distinções ou prémios como incentivo.

Em várias escolas dos Estados Unidos e da Europa, inclusivamente em Portugal, os professores começaram já a implementar sistemas de aprendizagem baseados na gamificação. Por exemplo, utilizando gráficos de pontuação em que cada aluno necessita de uma determinada quantidade de deveres cumpridos para passar de nível. Os estudantes podem também ganhar pontos extra quando contribuem com atividades inovadoras no âmbito da sala de aula.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.