Notícias

Biotecnologia: A medicina do futuro

      
Ainda não decidiste que curso gostarias de seguir? A biotecnologia é uma carreira de futuro
Ainda não decidiste que curso gostarias de seguir? A biotecnologia é uma carreira de futuro
  • A biotecnologia promete revolucionar a medicina e prolongar o tempo de vida dos humanos.
  • Na medicina pode ser aplicada na manipulação de células e proteínas para a criação de vacinas.
  • Tem sido também utilizada na manipulação de embriões humanos, uma área que levanta dúvidas sobre a legitimidade ou não deste tipo de intervenção.

A biotecnologia aplicada à medicina é uma das áreas de maior crescimento do conhecimento humano e está relacionada com o desenvolvimento de sistemas terapêuticos emergentes como a terapia genética, a terapia celular ou a medicina regenerativa. É um dos setores profissionais com maior previsão de expansão a médio prazo.

mercado de trabalho tem procurado por licenciados nestas áreas para enfrentar alguns dos desafios da atualidade como as contantes epidemias, as mutações de vírus e bactérias que antes estavam controladas.

Procuras uma oportunidade de emprego?

Encontra na Universia

Mas afinal o que é a biotecnologia?

A biotecnologia tem como objetivo desenvolver produtos e processos biológicos com a ajuda da ciência e da tecnologia. A Organização das Nações Unidas (ONU) define a biotecnologia como “qualquer aplicação tecnológica que utiliza sistemas biológicos, organismos vivos, ou seres derivados, para fabricar ou modificar produtos ou processos para utilização específica”. A biotecnologia tem ampla aplicação em vários setores como a agricultura, farmácia, ciência dos alimentos e grandes potencialidades para a área da medicina.

Os exemplos mais antigos que podem ser considerados como processos biotecnológicos são a obtenção de cerveja, vinho e outras bebidas alcoólicas. As civilizações do passado descobriram que as matérias primas açucaradas podem sofrer transformações espontâneas que geram álcool.

Como se aplica a biotecnologia à medicina?

A biotecnologia na medicina pode ser aplicada na manipulação de células e proteínas para a criação de vacinas ou na manipulação de embriões humanos para a fecundação artificial, uma questão que tem levantado dúvidas éticas em alguns setores da comunidade científica. No futuro a biotecnologia pode mesmo aproximar-se dos filmes de ficção científica com a possibilidade de criação de novos órgãos humanos a partir de células tronco, o que poderá revolucionar a doação de órgãos que se tornará mais ágil e eficaz.

A aplicação da biotecnologia na medicina permite identificar por exemplo os genes que estão presentes em doenças com uma maior prevalência e desenvolver medicamentos que compensem a atividade dos genes alterados em cada patologia. Os avanços nesta área possibilitam que possam conhecer-se por exemplo a propensão que tem cada indivíduo para cada tipo de cancro devido à possibilidade de examinar os 30 mil genes que tem cada ser humano.

A biotecnologia é a medicina do futuro, baseando-se na utilização dos mesmos agentes que o corpo possui para reparar os tecidos. "Quando efetivamente soubermos o que nossas células sabem, a assistência médica será revolucionada", afirma William Haseltine, presidente da empresa Human Genome Sciences. "No limite, isso incluiria o prolongamento da vida pela regeneração de nossos corpos em envelhecimento com células mais jovens”, acrescenta.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.