Notícias

5 dicas para ser aprovado num exame de escolha múltipla

      
Todos os exames de escolha múltipla têm uma série de instruções que devem ser lidas com a máxima atenção
Todos os exames de escolha múltipla têm uma série de instruções que devem ser lidas com a máxima atenção
  • Ler as instruções e enunciados com toda a atenção é fundamental para quem quer ter boa nota num exame de escolha múltipla.
  • Começar pelas perguntas mais fáceis e depois pensar com mais calma nas que parecem mais complicadas também é um bom truque.
  • Confiar no instinto e na primeira impressão pode igualmente trazer bons resultados.

Existem vários truques para triunfar num exame de escolha múltipla. A área das ciências apresenta com mais frequência este modelo de teste, mas mesmo que estudes humanidades, convém estar preparado para todos os tipos de enunciados. Na hora de fazer o exame do código de condução este é também o exame típico que irás encontrar.

Procurar exemplos de testes de outros anos é uma boa ideia para quem pretende familiarizar-se com a escolha múltipla. A prática é fundamental, mas existem também alguns segredos que podem ajudar a superar estes exames.

Apresentamos 5 conselhos básicos para aplicares no dia da prova. Seja como for é necessário encarar o exame das “cruzinhas” como outro qualquer, porque não é pela resposta estar à frente dos nossos olhos que devemos estudar com mais ligeireza.

5 dicas para ter sucesso nos exames de escolha múltipla

1)    Ler bem as instruções e enunciados. Todos os exames de escolha múltipla têm uma série de instruções que devem ser lidas com a máxima atenção. Neste ponto é necessário ler com atenção quantas opções devem ser marcadas por resposta (podem existir questões com várias respostas).

Para conseguir uma boa nota deves perceber as regras do jogo. A maioria das ambiguidades podem ser resolvidas com uma leitura atenta. Por exemplo, se por distração ignoramos a palavra não a resposta será totalmente diferente da que seria a correta.

Gostavas de entrar no ensino superior?

Procura cursos na Universia

2)    Começa pelas perguntas mais fáceis. Fazer uma primeira do enunciado e responder às perguntas que não provoquem dúvidas é uma boa ideia. Este é o primeiro indicador do resultado do exame. Se respondeste a mais de metade das perguntas com facilidade a aprovação está praticamente garantida. Um truque é tentares responder à pergunta antes de olhar para as diferentes opções.

3)    Continua para as questões mais complicadas. Uma vez superadas as perguntas mais fáceis, dedica-te aos enunciados que vão demorar mais tempo. Apesar das dificuldades, com alguma ponderação, é possível que possas responder acertadamente.

4)    Confia no primeiro instinto. Se duas respostas parecem semelhantes e corretas, comparas todos os seus detalhes para encontrar as diferenças e volta a ler a pergunta para determinar qual é a resposta correta. Quando escolheres uma destas respostas confia no teu primeiro instinto e não voltes a mudar o sentido da tua opção. Estudos demonstram que a primeira impressão é a correta na maioria dos casos.

5)    Questiona os extremos. Em questões com respostas numéricas, considera o valor mais alto e o mais baixo por último, porque as estatísticas indicam que a resposta situa-se normalmente nos valores intermédios.

Como em qualquer tipo de exame, não te esqueças de descansar bem na noite anterior, quando mais energia tiveres maior será a tua capacidade de raciocínio. Não te esqueças de chegar sem pressas ao local do teste e de rever na noite anterior todo o material de que necessitas.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.