Notícias

Alojamento universitário: Qual o preço de um quarto em Lisboa e no Porto?

      
Arrendar um quarto em Lisboa, o distrito mais caro, ronda os 323 euros
Arrendar um quarto em Lisboa, o distrito mais caro, ronda os 323 euros
  • As dificuldades para os estudantes que pretendem arrendar um quarto são cada vez maiores.
  • Os preços dos quartos para estudantes universitários dispararam, levando ao “desespero” dos pais que fazem contas à vida.
  • A tendência é nacional, mas é especialmente em Lisboa e no Porto que se nota uma maior subida dos preços dos quartos.

O preço médio para arrendar um quarto em Portugal situa-se nos 254 euros por mês. Um valor que disparou 6,7% face ao período homólogo de 2017. Os valores foram apurados pelo estudo anual de arrendamento de quartos em Portugal realizado pelo Idealista.

Arrendar um quarto em Lisboa, o distrito mais caro, ronda os 323 euros por mês. Segue-se o Porto onde o valor ronda os 261 euros por mês, depois Setúbal com 244 euros mensais e Braga com 196 euros por mês.

Gostavas de fazer um curso para complementar a tua formação?

Procura na Universia

Também de acordo com os dados apurados pela Federação Académica do Porto (FAP) em 2014 o preço médio por mês para arrendar um quarto no Porto rondava os 150 euros, atualmente as rendas dificilmente baixam dos 250/300 euros. As contas baseiam-se nas denúncias de estudantes sobre os valores praticados no mercado de arrendamento para alunos do Ensino Superior.

A subida de preços nas rendas pode levar os estudantes a pagarem 600 euros por um quarto na capital e 450 no Porto, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística disponibilizados pelo Ministério da Educação.

Escalada de preços relacionada com turismo

A escalada de preços relaciona-se com a explosão do mercado turístico que se registou nos últimos anos em Lisboa e no Porto, com muitos proprietários disponibilizar as suas casas para os turistas.

Alguns optam mesmo por dar uma utilização dupla aos seus imóveis: durante o ano letivo arrendam a estudantes e no verão disponibilizam-nos para o alojamento local. Dados apurados pela Uniplaces, especializada em arrendamentos de quartos para estudantes, revelam que 60% dos senhorios combina o arrendamento a estudantes com o arrendamento a turistas.

Mas, atenção, não são apenas os estudantes que procuram o arrendamento de quartos. Esta é uma opção cada vez mais utilizada por jovens nos primeiros anos em que se inserem no mercado de trabalho e, em alguns casos, até mais tarde.

Quais os distritos mais económicos para arrendar quarto?

Na outra face da moeda, os distritos em que é mais económico viver num quarto arrendado são Santarém (169 euros), Leiria (180 euros) e Coimbra (190 euros), indicam os dados do estudo do Idealista. Na Beeroomers, um site especializado em arrendamento para estudantes, é possível encontrar quartos a preços económicos.

Quais as alternativas para os estudantes?

As alternativas para os estudantes acabam por ser as residências universitárias, em que a procura é elevada e a oferta diminuta, mas os preços são mais acessíveis.  Foi na sequência das rendas cada vez mais elevadas e da reduzida oferta de alojamento universitário que o Governo lançou, em maio, o Plano Nacional de Alojamento para o Ensino Superior.

O levantamento elaborado pelo Ministério da Educação indica que as residências universitárias apenas garantem alojamento para 13% dos quase 114 mil estudantes do ensino superior público deslocados no que concerne à sua área de residência (42% do total de inscritos).

Conselhos para sobreviver ao primeiro ano da universidade

Infografia: Conselhos para sobreviver ao primeiro ano da universidade

Apresentamos as chaves para que o estudante possa sobreviver a esta nova fase da vida e entrar com o pé direito no primeiro ano da universidade.

Inscreva-se e baixe este infográfico gratuitamente



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.