Notícias

Portugal está preparado para o desafio da sustentabilidade?

      
Portugal está no bom caminho no que respeita ao desafio da sustentabilidade
Portugal está no bom caminho no que respeita ao desafio da sustentabilidade
  • A sustentabilidade é uma realidade a nível social, empresarial e governamental.
  • A geração dos Millennials empenha-se como nenhuma outra na defesa das ideias verdes.
  • Portugal deverá apostar mais na reciclagem para cumprir metas europeias. 

O tema da sustentabilidade e da preservação do meio ambiente está na agenda dos meios de comunicação social e faz parte do debate dos meios intelectuais. As empresas também estão empenhadas em definir objetivos de Responsabilidade Social Corporativa que incluem a defesa do ambiente.

Expressões como “consumo consciente” ou “economia circular” estão um pouco por todo o lado. Os consumidores estão também cada vez mais conscientes de que devem fazer escolhas que defendam o único planeta onde vivemos. A geração dos Millenimals empenha-se como nenhuma outra na defesa das ideias verdes e de boas práticas ambientais.

Tecnologia aliada da sustentabilidade

Os governantes estão mais alerta para estas questões e empenham-se em oferecer soluções sustentáveis para o país. Embora a sustentabilidade e tecnologia pareçam dois conceitos opostos, a verdade é que o desenvolvimento tecnológico se tem mostrado um grande aliado do tecido empresarial no que respeita à otimização dos processos e à diminuição do consumo energético e de recursos energéticos como a emissão do CO2 ou outros gases poluentes.

As metas europeias e mundiais ao nível do ambiente são também cada vez mais exigentes. Para fazer face ao problema das alterações climáticas a União Europeia definiu como objetivo para 2020 uma redução de 20% nas emissões de CO2 e uma melhoria de 20% na eficiência energética.

Gostavas de tirar um curso ligado ao ambiente?

Procura na Universia

É preciso reciclar mais

Portugal está no bom caminho no que respeita ao desafio da sustentabilidade, mas ainda há muito trabalho para fazer. As estatísticas da União Europeia relativas a 2016 revelam que Portugal apenas recicla 30,9 de todos os resíduos municipais. A diretiva europeia para os resíduos estabelece que em 2020 cada Estado membro deve chegar a uma taxa de reciclagem de 50%.

O Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos 2014-2020, um dos 16 programas criados para a operacionalização da estratégia Portugal 2020, compromete-se a apoiar a transição para uma economia com baixas emissões de dióxido de carbono em todos os setores, promover a adaptação às alterações climáticas e prevenção e gestão de riscos, proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos.

Para impulsionar um crescimento mais sustentável, a União Europeia assumiu a liderança de um novo modelo de indústria baseado na economia circular. Portugal tem capacidade para adotar estas mudanças? E como é que o setor público vai encarar a transição?

O que é a economia circular?

A economia circular nasce da ideia de dar uma segunda vida aos produtos para evitar que se esgotem os recursos necessários para satisfazer as necessidades de uma sociedade futura.

Avançar para uma sociedade menos dependente de recursos renováveis é o eixo transversal desta estratégia que aspira a converter-se num marco de referência do conjunto das administrações públicas, empresas e cidadãos.

O Fórum Económico Mundial considera que a economia circular vai criar oportunidades económicas e empresariais, permitindo a criação de novos empregos e ocupações.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.