Notícias

Universidade do Porto entre as melhores para conseguir emprego

      
A Universidade do Porto atingiu bons níveis no que respeita à empregabilidade dos seus estudantes
A Universidade do Porto atingiu bons níveis no que respeita à empregabilidade dos seus estudantes
  • A Universidade do Porto é uma das universidades portuguesas com melhor empregabilidade.
  • A nível europeu situa-se no Top 100 ao nível das universidades em que é mais fácil os estudantes conseguirem emprego.
  • A Universidade do Porto subiu no ranking da QS Graduate Employability em indicadores como por exemplo a avaliação das parcerias com empresas.

A Universidade do Porto está listada entre as 100 melhores universidades da Europa no que respeita aos índices de empregabilidade dos estudantes que a frequentam. A conclusão baseia-se nos dados da mais recente edição do QS Graduate Employability Ranking, publicado recentemente pela consultora britânica Quacquarelli Symonds.

Ao ser comparada com outras instituições de ensino superior europeias, a Universidade do Porto alcança um lugar no top 100, classificando-se na posição 75-105 da Europa. Já se for considerado o total de instituições a nível mundial (497), desce para a posição 201-250 do ranking, que é dominado pelas universidades norte-americanas.

Os resultados atuais representam uma melhoria em relação às classificações obtidas no ano anterior: a Universidade do Porto surgia nas posições 251-300 mundial e 100-122 europeia. Esta instituição de ensino superior foi a única universidade portuguesa a melhorar a sua pontuação total na edição deste ano do QS Graduate Employability Ranking, passando de uma pontuação de 27,9-32,2 em 2017 para 31,9-37,9 em 2018.

Quais os critérios ponderados para este índice de empregabilidade das universidades?

Os investigadores avaliaram cinco indicadores que pretendem identificar os níveis quantitativos e qualitativos da empregabilidade dos graduados de cada universidade:

  • Reputação da universidade entre os empregadores (que conta para 30% da nota final)
  • Sucesso dos graduados no mercado de trabalho (25%)
  • Número de parcerias com empresas por docentes de cada universidade (25%)
  • Incentivos ao contato direto entre empregadores e estudantes (10%) e taxa de emprego de graduados de cada instituição (10%).

Na edição deste ano, os resultados da Universidade do Porto foram potenciados por subidas significativas na avaliação das parcerias com empresas e do contato entre empregadores e estudantes.

A nível nacional, a Universidade do Porto situa-se no segundo lugar, ex aequo com a Universidade Nova de Lisboa. Em primeiro lugar, classificou-se a Universidade de Lisboa, classificada na posição 181-190 mundial.

As melhores universidades para estudar finanças

EBook: As melhores universidades para estudar finanças

Encontra as escolas mais conceituadas para estudar finanças segundo o QS World University Rankings, que vincula estudantes, pós-graduados e executivos com as melhores instituições educativas a nível mundial.

Inscreva-se e baixe este eBook gratuitamente



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.