Notícias

Gastos em alojamento universitário dedutíveis no IRS

      
O arrendamento de quartos pelos universitários disparou no último ano
O arrendamento de quartos pelos universitários disparou no último ano
  • Para além do alojamento, existem outras despesas como os livros, à exceção dos gratuitos, que podem entrar como despesas de educação no IRS.
  • O valor máximo de dedução anual do alojamento universitário no IRS é 300 euros.
  • O jovem deverá também viver a mais de 50 quilómetros de distância da residência permanente.

arrendamento de quartos pelos universitários disparou no último ano. Com uma procura cada vez maior, os preços subiram 6,7% face a período homólogo de 2017, situando-se numa média de 254 euros mensais, segundo o relatório anual de arrendamentos de quartos efetuado pelo Idealista, portal de anúncios de imobiliário líder na Europa.

Mas sabe como é que esta despesa pode ser deduzida no IRS? A renda de um quarto ou apartamento pode ser apresentada no IRS como despesa de educação.

E quais as condições para fazer esta dedução?

Para deduzir os gastos do alojamento universitário no IRS o estudante deslocado deve ter menos de 25 anos ou viver a mais de 50 quilómetros de distância da sua residência permanente. O valor máximo da dedução anual é de 300 euros.

O limite máximo, por ano, do total das despesas de educação a deduzir é de 800 euros e caso o agregado familiar já tenha atingido este valor e ainda necessite de considerar as despesas de alojamento, o teto pode ir até aos mil euros.

Como deduzir no IRS as rendas como despesa de educação?

Os estudantes deslocados têm que assinalar a situação no Portal das Finanças. Se não o fizerem, a Autoridade Tributária não vai assumir as despesas de rendas com imóveis ou quartos como sendo de educação.

Como fazer o registo no Portal das Finanças?

Para dar a indicação no Portal das Finanças que o contrato se destina ao arrendamento de estudante deslocado, deve seguir os seguintes passos:

Portal das Finanças -> e-arrendamento -> “Registar Estudante Deslocado”

A partir deste momento, os recibos de renda eletrónicos são emitidos com essa indicação.

Gostava de estudar no ensino superior?

Procure na Universia

Que outros gastos de educação podem ser deduzidos no IRS?

Para além do alojamento existem também outros gastos com a educação que pode deduzir, como livros ou explicações, mas existem alguns detalhes a que deve estar atento.

Apenas são dedutíveis despesas com bens e serviços isentos de IVA ou tributados à taxa mínima de 6% e para cada tipo de despesa só será considerado 30 por cento do valor gasto.

As refeições de qualquer grau de ensino, independentemente da taxa de IVA aplicada, também são dedutíveis no IRS, mas é necessário que as faturas refiram refeições escolares e que o NIF do emitente seja de um prestador de serviço de fornecimento deste tipo de alimentação. Só são aceites como despesas de educação as refeições escolares nas cantinas e nos refeitórios das escolas. Se o estudante comer no restaurante, estes gastos serão considerados despesas de restauração.

Não se esqueça…

Deverá sempre colocar o número de contribuinte nas faturas e deverá também ser assíduo na página pessoal do e-fatura para verificar se todas as despesas estão a ser devidamente comunicadas à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Conselhos para sobreviver ao primeiro ano da universidade

Infografia: Conselhos para sobreviver ao primeiro ano da universidade

Apresentamos as chaves para que o estudante possa sobreviver a esta nova fase da vida e entrar com o pé direito no primeiro ano da universidade.

Inscreva-se e baixe este infográfico gratuitamente



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.