Notícias

CRIE O SEU PRÓPRIO NEGÓCIO: Como e porquê preparar um plano de negócios?

      
CRIE O SEU PRÓPRIO NEGÓCIO: Como e porquê preparar um plano de negócios?
CRIE O SEU PRÓPRIO NEGÓCIO: Como e porquê preparar um plano de negócios?  |  Fonte: Shutterstock

Um bom plano de negócios é muitas vezes ignorado pelos empreendedores mais inexperientes, no entanto isso pode ser um erro que pode sair caro ao mais proactivo dos empreendedores. Um bom plano de negócios contempla um mapa detalhado de todos os aspetos da viabilidade económica do seu negócio, assim como uma descrição e análise das perspetivas iniciais. Esta preparação é importante, independentemente da dimensão ou área de negócio. Mesmo que não seja garantia de sucesso imediato, um bom plano de negócios é já um passo na direção certa.

Existem vários modelos pré-definidos de planos de negócio disponíveis em livrarias e na internet, mas o mais recomendável é que faça o seu próprio plano de negócios, personalizado e adaptado à sua realidade. A criação desse plano deve ter por base uma pesquisa exaustiva e, se possível, também deverá contemplar as opiniões de profissionais da área.

E ainda que nem tudo o que traçou para a sua empresa se concretize, traçar um plano de negócio é fundamental para conseguir acompanhar o crescimento da sua empresa.

De referir ainda que um bom plano de negócios é frequentemente atualizado e reajustado ao longo do seu próprio crescimento enquanto empreendedor.

PORQUE É QUE SE DEVE FAZER UM PLANO DE NEGÓCIOS?

O seu plano vai ser-lhe útil de várias formas, e ainda que algumas delas sejam impossíveis de prever, aqui ficam algumas das mais recorrentes:

1. Antes de mais, o plano vai definir e focar-se no seu objetivo recorrendo às informações e análises apropriadas.

2. Pode usá-lo como forma de promover a sua empresa, perante os investidores e os bancos.

3. Um bom plano de negócio pode clarificar omissões ou fraquezas de planeamento, permitindo assim uma intervenção atempada.

4. Pode recorrer ao plano para solicitar conselhos e opiniões de outras pessoas que, por sua vez, lhe poderão dar as dicas que precisava para ser bem-sucedido. É aconselhável pedir opiniões a investidores, familiares, banqueiros, advogados, mentores e outras empresas.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.