Notícias

Primeira fase de estágios profissionais do IEFP já arrancou

      
Os estágios têm a duração de nove meses e destinam-se a jovens até aos 30 anos
Os estágios têm a duração de nove meses e destinam-se a jovens até aos 30 anos
    • Os estágios têm a duração de 9 meses e destinam-se a jovens entre os 18 e os 30 anos
    • Os estagiários recebem bolsa mensal, que varia em função do seu nível de qualificação
    • O Prémio ao Emprego é concedido à empresa que celebre com o estagiário um contrato de trabalho sem termo

Os estágios profissionais do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) têm como objetivo apoiar os desempregados inscritos no centro de emprego, contribuindo para apoiar a inserção dos jovens no mercado de trabalho ou dos desempregados de longa duração, proporcionando uma experiência prática que lhes pode abrir portas para a integração profissional.

A Medida Estágios Profissionais prevê apoiar 6.000 estágios  e o primeiro período de candidaturas do ano 2018 está a decorrer até 1 de março.

Quem pode candidatar-se?

Aos estágios profissionais podem candidatar-se pessoas singulares ou coletivas, do setor privado, com ou sem fins lucrativos. Os estágios têm a duração de nove meses e destinam-se a desempregados inscritos no IEFP, em especial jovens entre os 18 e os 30 anos ou desempregados de longa duração (há mais de 12 meses no desemprego), entre outras situações.

A candidatura à Medida Estágios Profissionais é efetuada pela entidade, no portal NetEmprego, na área pessoal de cada entidade, devendo ser efetuado o registo prévio, caso ainda não esteja registada.

Os estagiários têm direito a uma bolsa mensal?

Sim. Os estagiários recebem bolsa mensal, que varia em função do seu nível de qualificação, em que o IEFP suporta 65% ou mais do valor da bolsa e a entidade empregadora ficará responsável pela parte restante dos custos.

Quantas candidaturas foram recebidas na 2ª fase do ano passado?

O IEFP recebeu 12.648 candidaturas aos estágios profissionais, correspondentes a 15.434 vagas de estágios. A segunda fase de candidaturas do ano passado decorreu entre 15 de novembro de 2017 e 03 de janeiro de 2018.

O que é o Prémio Emprego?

Durante aquele mesmo período, foram recebidos 853 pedidos de atribuição do Prémio ao Emprego, relativos a 989 ex-estagiários com os quais foi celebrado contrato de trabalho sem termo.

O Prémio ao Emprego é concedido à empresa que celebre com o estagiário um contrato de trabalho sem termo, no prazo máximo de 20 dias úteis a contar da data de conclusão do estágio.

Procuras um estágio?

Encontra na Universia

A dotação orçamental disponibilizada para este primeiro período de candidaturas é de 30 milhões de euros, segundo o IEFP. O valor divide-se da seguinte forma de acordo com as regiões do país: Norte 11,55 milhões, Lisboa e Vale do Tejo 9,7 milhões, Centro 5,7 milhões, 1,75 para o Alentejo e 1,3 milhões para o Algarve.

Para além desta primeira fase, as candidaturas vão também decorrer de 1 de maio a 1 de junho; de 1 de julho a 31 de julho; e de 1 de outubro a 2 de novembro.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.