Notícias

Cria um CV em formato vídeo. Segue 7 conselhos

      
    • Para elaborares um curriculum em vídeo tens que pensar a quem pretendes dirigir-te. Procuras chegar a muitas pessoas ou a um grupo mais especializado?
    • Aproveita as potencialidades do meio audiovisual para te expressares com toda a originalidade.
    • Na apresentação em vídeo tenta responder a três perguntas fundamentais: Quem és? O que fazes? Como trabalhas?

Acreditas que vais conseguir um emprego com um curriculum tradicional em que resumes os teus trabalhos? Nos tempos que correm, esta estratégia pode passar despercebida. Se queres deixar a tua marca pessoal, basta que elabores um CV em formato vídeo.

Com poucos recursos, e sem sair de casa, podes conseguir resultados com impacto junto dos empregadores e nas redes sociais, abrindo portas para novas oportunidades de emprego.

Anota 7 conselhos que te vão ajudar. É muito mais fácil do que parece.

1) Mostra a tua verdadeira personalidade

Um vídeo mostra melhor quem és do que um resumo inscrito numa folha, sobretudo porque quebra uma barreira que de outra maneira permanece. O interlocutor fica a conhecer o tom da voz, as expressões, a e a imagem real do candidato. O curriculum feito como se fosse uma curta-metragem aproxima-te do empregador e aumenta as hipóteses de seres contactado.

Procuras uma oportunidade de emprego?

Encontra na Universia

2) Liberdade de expressão

O suporte audiovisual é um meio que facilita a liberdade de te expressares como quiseres. Podes contar uma história engraçada, mostrar uma habilidade ou conversar sobre a tua experiência. Sê original. Mas por onde começar?

3) Define o teu destinatário e foca a mensagem

Define quem será o destinatário da tua apresentação, para perceberes com maior precisão o que poderás incluir e como te deverás expressar no teu vídeo CV. Por exemplo, é importante que as tuas palavras sejam entendidas por todos ou apenas pelos especialistas da tua área?

Focar a mensagem num grupo específico pode facilitar que sejas compreendido por aqueles a quem desejas chegar. Tem em conta que uma mensagem mais simples chegará a um público mais amplo. Pensa no que poderá ser mais vantajoso para o teu caso. Uma maior exposição? Um enfoque mais concreto? Põe-te no lugar do destinatário para responderes a estas perguntas.

4) Sintetiza

Se já sabes a quem te vais dirigir, poderás intuir o nível de detalhe e os dados que englobarás no teu vídeo de apresentação. Tem em conta que não se trata de replicar a informação do teu curriculum vitae nem de enumerar trabalhos anteriores. O meio audiovisual permite muito mais. E não te esqueças que poderás indicar um link para a tua página web onde será possível descobrir mais sobre ti.

Reduz a informação ao essencial e tenta responder a três perguntas básicas no primeiro parágrafo: Quem és? O que fazes? Como trabalhas? É importante que em linhas gerais transmitas três ou quatro ideias que pretendes que perdurem depois do vídeo ter sido visualizado.

5) Expressa o conteúdo

Uma vez decidido qual o conteúdo da tua apresentação, tens que pensar em como te vais expressar. O cenário e a roupa são importantes, porque com o CV em formato vídeo vai mostrar muito de ti e todos os detalhes podem fazer a diferença.

Milhares de pessoas são capazes de se sentar diante de uma câmara e de narrar um texto memorizado. O essencial é que faças algo que possa ficar na memória das pessoas. Não te estás a dirigir a uma câmara, mas a um ser humano que vai visualizar o teu vídeo.

6) Como criar impacto

Esta é a parte mais divertida. O vídeo online deve respeitar dois aspetos chave: a atenção e originalidade. O teu espetador não estará necessariamente concentrado no teu vídeo, portanto tens alguns segundos para o convencer que vale a pena ver o pequeno filme que preparaste.

A duração total do vídeo é relativa: podes explicar-te em 30 segundos ou num par de minutos. Evita, porém, um tempo excessivo. Se no final não ficares convencido com o ritmo, repete tudo e muda o que não gostas, podes repetir as vezes que quiseres e ir fazendo ajustes enquanto gravas.

7) Ser original

Ser original não se limita a fazer algo diferente. Trabalha duas perguntas: Qual é a melhor maneira de colocar as tuas ideias em vídeo? O que ninguém espera que possa acontecer?

Podes jogar com a surpresa e procurar exemplos de outros CV em formato vídeo para que possas encontrar a tua “voz criativa”.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.