Notícias

6 maneiras de estar conectado para quem trabalha em casa

      
Estar em contacto com os outros contribui para o desenvolvimento profissional
Estar em contacto com os outros contribui para o desenvolvimento profissional
    • Nem sempre os contactos acontecem de forma espontânea e por isso pode ser necessário agendá-los.
    • Tenta conversar no chat durante um determinado tempo por dia que não interfira com as tarefas laborais.
    • Para um networking eficaz podes organizar eventos onde muitas pessoas são convidadas.

Uma das principais desvantagens do teletrabalho é que pode ser mais difícil manter uma vida social ativa. Reunir-se com os outros regularmente é bom para a saúde mental, para produzir ideias, para manter o fluxo de trabalho e é fundamental para o futuro dos negócios. Muitas vezes, quanto melhor conectados estamos, mais provável é termos sucesso.

Como é que pode certificar-se de que conseguirá alimentar conexões espontâneas se está a dirigir o negócio a partir de casa?

Aqui estão 6 estratégias para empreendedores bem-sucedidos:

1 – Agendar contactos

O que não entra no calendário não acontece. O agendamento de contactos é tão importante como organizar rotinas no seu dia de trabalho. "Eu tenho que planear intencionalmente tempo na minha semana para estar conectada", considera Angela Greaser, uma consultora de operações estratégicas e co-fundadora da All The Ops. "Se eu não planeei não vai acontecer."

2 - Configurar lembretes no calendário

Arianna Taboada, consultora de saúde materna, tem duas tarefas recorrentes que coloca no seu Google Calendar em ordem alternada. Numa semana, estabelece comunicação com um colega (alguém com quem tem um relacionamento estabelecido) e na seguinte, ela entra em contato com alguém novo para se apresentar. Toda a semana, ela ou está a reforçar relações existentes ou a tentar desenvolver novos contactos.

Procuras emprego?

Regista o teu CV

3 - Empreender corridas de contactos

Se quer estar concentrado no trabalho sem estar a ser constantemente interrompido, deverá encontrar espaço para falar com as pessoas todos os dias num tempo que não interfira com as tarefas laborais.

Tente programar blocos de tempo no calendário dedicados a contactar com os outros, para poder deixar o resto do tempo ininterrupto. Por exemplo reserve 15 minutos por dia para conversas de café virtuais.

Tente entrar em 30 chats durante uma única semana para poder atender tantas pessoas quanto possível. Seja ativo nas redes sociais e partilhe que está disponível para conhecer pessoas novas com quem possa falar sobre assuntos específicos.

4 - Fazer "10 toques" por semana

Morra Aarons-Mele, colaboradora da Women@Forbes, explica como foi necessário desenvolver estratégias para se manter em contacto com as pessoas quando estava a trabalhar em casa. Para ela, é essencial construir sistemas de contactos. "Se não está com colegas e mentores todos os dias, como vai cultivar essa comunidade? A quem se dirige quando tem uma pergunta difícil ou quando apenas quer a opinião de alguém sobre algo? Tem que construir esses sistemas", considera.

Morra Aarons-Mele concentra-se em fazer pelo menos "dez toques” todas as semanas para chegar a pelo menos dez pessoas e manter o relacionamento. Isso pode incluir enviar emails a pessoas para perguntar sobre o trabalho, se precisam de ajuda ou enviar uma atualização rápida de projetos conjuntos.

5 - Ligar-se a grupos locais ou começar um próprio

Steph Jhala, sediada em Vancouver, Canadá, começou All The Mama Feels, um grupo no Facebook para apoiar as mulheres na sua transição para a maternidade, quando se encontrava no primeiro ano como mãe e trabalhava como coach. Procure o seu próprio grupo, e se não o encontrar, pode ser que precise de o construir.

6 – Agendar grandes eventos estrategicamente

Se é difícil sair de casa numa base regular (pense em alternativas para conseguir ter mais tempo livre: como contratar uma ama), considere programar grandes eventos para conhecer muitas pessoas de uma vez só.

Empreendedores em todos os lugares procuram orientação, conselhos e colegas para colaborarem. Bonnie Foley-Wong, a fundadora da Pique Ventures, um investimento e empresa de gestão focada em empreendimentos de tecnologia orientada para as mulheres, considera que todos precisamos uns dos outros para crescermos.

"Estou tão acostumada a ser a conselheira, a pessoa que os outros se voltam para se tomarem decisões. Mas quando são as minhas próprias decisões, preciso fazer o mesmo. Eu preciso falar com outras pessoas e recolher algumas perspetivas diferentes para sair da caixa".

Faça crescer a sua própria comunidade de mentores e colegas, seja a partir de casa, on-line, ou em eventos regulares.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.