Notícias

Quero mudar de emprego: Devo dizer ao chefe?

      
Se deves contar ou não ao chefe que pretendes mudar de emprego é sempre uma questão delicada
Se deves contar ou não ao chefe que pretendes mudar de emprego é sempre uma questão delicada
  • Contar ao chefe que estás à procura de um novo desafio profissional depende do tipo de relacionamento que tenham.
  • O perfil do chefe também é importante na altura de avaliar se deves ou não contar que procuras um novo emprego.
  • Em alguns casos, os chefes podem ajudar a mudanças de posição dentro da própria empresa.

Se não estás entusiasmado com a tua situação de trabalho atual, é provável que tenhas discutido as tuas opções com a família ou amigos. Podes ter confiado até em colegas de trabalho. Mas provavelmente há uma pessoa que não sabe destes anseios: o teu chefe. 

Se estás infeliz na tua posição atual ou simplesmente procuras um novo desafio profissional, é legítimo perguntar se partilhar estes sentimentos com o teu chefe seria útil ou prejudicial. O que deves fazer? Contar que estás a procurar emprego ou mantê-lo na ignorância?

Podes nunca saber, mas aqui estão algumas coisas a considerar.

Avalia o teu relacionamento com o chefe

Antes de fazeres algo de que te possas arrepender, David Pinkley, fundador e CEO da The Career Sage, sugere que leves algum tempo a avaliar a natureza do teu relacionamento.

Se tens um chefe que te apoia, este profissional e estratega de carreiras considera que podes deixar que ele saiba que estás a procurar mais ou diferentes responsabilidades e, em conjunto, podem explorar cada oportunidade de carreira que surja internamente.

Na maioria das vezes, é do interesse da empresa tentar manter um empregado valioso, explica Pinkley, e embora o teu chefe possa lamentar perder-te na equipa, poderá ser compreensivo ao ponto de te dar uma ajuda na tentativa de mudares dentro da organização.

Mas se os meses passam e nada acontece, ou se recebeste algumas promessas que não foram adiante, não será uma surpresa para o teu superior se acabares por deixar a empresa. "Isso mostra que não queres sair, tentaste ficar, mas isso simplesmente não aconteceu", explica Pinkley.

Casos em que correu bem contar ao chefe…

Quando Shakira Johnson, presidente da Johnson PR & Events, percebeu que um dos seus principais funcionários estava interessado em mudar de carreira, inicialmente ficou aborrecida, mas acabou por ajudá-lo a encontrar um novo caminho.

"Depois de trabalharmos juntos por mais de seis anos, a minha líder de equipa disse-me que queria mudar de carreira e trabalhar como terapeuta de cuidados com a pele", observa Johnson. "Até hoje, mantemos contato e estamos muito próximas. Ela até faz freelances para a minha empresa quando está disponível para eventos ".

Procuras um novo emprego?

Encontra na Universia

A acreditar que o seu chefe lhe daria uma boa recomendação, Nicole B., uma escritora e editora, fez com que ele soubesse que ela estava à procura de um novo emprego. "Eu estava a candidatar-me a outras posições e queria ser franca", explica Nicole, garantindo que esta atitude não afetou a relação entre ela e o chefe.

"Ele foi muito compreensivo quanto à minha decisão e elogiou a minha tentativa de progresso", afirma. "Ele não mudou a forma como sempre me tratou e continuei a trabalhar no mesmo ritmo, por isso, não acho que existam diferenças".

Apesar destes casos de sucesso, é muito importante conhecer bem o chefe para tentar compreender se ele será recetivo quanto à vontade de um elemento da equipa que lidera mudar de posição ou empresa. Antes de tomares qualquer atitude, avalia bem as consequências.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.