Notícias

A que se dedica um Business Analytics?

      
Os profissionais da área do Business Analytics são muito procurados no mercado de emprego
Os profissionais da área do Business Analytics são muito procurados no mercado de emprego
  • Um Business Analytics dedica-se a interpretar os dados fornecidos por este software acerca das tendências de um negócio.
  • Este profissional deverá ser capaz de descobrir correlações pertinentes entre dados e obter uma visão global.
  • Prevê-se que a procura de profissionais nesta área continue a aumentar durante a próxima década.

Cada vez mais o mundo empresarial exige tempos de decisão mais reduzidos e que as opções sejam baseadas ou justificadas em dados. A profissão de Business Analytics ganha por isso relevância e a procura por estes profissionais qualificados está em alta, com a expetativa de que continue a aumentar na próxima época.

Aprofundar o conhecimento das empresas com base em dados

As empresas procuram profissionais que sejam capazes de otimizar os negócios ou redefini-los, aprofundado o conhecimento da realidade das empresas com base em dados.

Neste âmbito, podem recolher-se tendências, por exemplo, sobre o número de reclamações de clientes, a afluência por faixa etária a uma determinada loja, as quantidades de produtos devolvidos ou que existem em excesso no stock para destas informações extrair conclusões pertinentes.

Embora o relatório possa mostrar os altos e baixos de uma qualquer tendência, os profissionais de Business Analytics devem ser capazes de estudar as correlações entre essas tendências e formular hipóteses para as suas possíveis causas. Os resultados das análises são usados para desenvolver previsões de comportamento ou ações que devem ser recomendadas à liderança de uma organização.

O exemplo do rugby

O diretor de Business Analytics da IBM, Erick Brethenoux, afirma que para se começar a análise é necessário começar por fazer uma questão: Qual é o problema do negócio? E com base nos dados recolhidos tentar responder a esta equação. Este profissional que é também jogador de rugby avança um exemplo relacionado com este desporto.

Muitas vezes os jogadores sofrem lesões e têm dores, mas nem sempre é o resultado direto e único de lesões, esta situação está também correlacionada com a condições dos músculos, a posição que assumem em campo e até a sua alimentação.

Gostavas de tirar um Master em Big Data e Business Analytics?

Informa-te na Universia

“O problema e negócio que estamos a tentar resolver é: como manter os jogadores saudáveis?” Os jogadores não são todos iguais, por exemplo Brethenoux ocupa uma posição de distribuição de jogo, servindo de ponte entre linhas diferentes. Embora nem sempre seja atingido, a exigência ao nível da corrida é maior do que um jogador médio.

Neste sentido, a posição dos jogadores é semelhante aos papéis que os profissionais desempenham nos negócios. Como cada um joga depende muito do seu papel exclusivo e específico e a sua ação terá reflexos na derrota ou vitória da equipa.

Se a análise tem como objetivo ajudar nos negócios, como acontece no rugby, os dados devem ser detalhados o suficiente para permitir que os profissionais de Business Analytics determinem, quem foram numa organização os responsáveis e porquê dos êxitos e fracassos.

Para que a Business Analytics funcione efetivamente, necessita que os dados sejam interpretados como se viessem de uma única fonte, formando-se uma visão global.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.