Notícias

Como lidar com entrevistas rápidas: 7 perguntas e respostas

      
Prepara-se da mesma forma que faria para uma entrevista convencional
Prepara-se da mesma forma que faria para uma entrevista convencional
  • Speed interviewing: uma decisão tomada num piscar de olhos pode ser tão correta quanto meses de análise.
  • Seja sincero e considere como os seus objetivos podem beneficiar a empresa.
  • Não compareça a uma entrevista rápida sem antes ter feito uma pesquisa sobre a empresa ou a indústria em geral.

Uma das tendências mais populares que pode encontrar durante a sua procura de emprego é a speed interviewing (entrevista rápida) - e se for convidado para uma, precisa ter certeza que está preparado.

O que é uma Speed Interviewing?

Como o nome sugere, a ideia de speed interviewing vem do conceito de speed dating, e o formato é bastante similar. Várias lugares são configurados para que os candidatos se movimentem, com um entrevistador em cada ponto a fazer perguntas sobre um tema específico. Algumas empresas preferem esta abordagem por vários motivos.

Está à procura de um novo emprego?

Descubra na Universia

Principalmente, é a crença de que os gestores de recursos humanos tomam decisões sobre possíveis funcionários imediatamente. "O cérebro humano é capaz de fazer julgamento instantâneo com grande precisão", diz o popular autor de psicologia Malcolm Gladwell, citando investigações académicas.

Além disso, as restrições de tempo - as entrevistas são tipicamente estruturadas em intervalos de 10 ou 15 minutos - podem representar um desafio diferente para os candidatos. Os entrevistadores estão ansiosos para ver como os candidatos respondem sob pressão e o enfase está em obter as respostas de forma rápida, mas clara.

Não entre logo em pânico. Este artigo detalha algumas perguntas comuns que lhe podem fazer numa entrevista rápida, bem como alguns exemplos de como as responder.

O que Esperar

Antes de responder a qualquer pergunta, deve preparar-se exatamente como faria para uma entrevista convencional. A única diferença é que os detalhes menores tornam-se mais importantes - especialmente a sua aparência.

Num ambiente de entrevistas rápidas, as primeiras impressões contam realmente. Certifique-se de estar vestido adequadamente, bem preparado e cumprimente cada entrevistador com um aperto de mão firme e com contato visual. Lembre-se do nome deles quando estiver a falar-lhes e garanta que a sua linguagem corporal seja positiva.

Questões

David Ciccarelli, CEO da Voices.com, dá exemplos de algumas perguntas que surgem nas entrevistas rápidas que a sua empresa costuma realizar.

1) Como tem sido a sua pesquisa de emprego até agora?

Esta é uma pergunta particularmente difícil de responder - especialmente a abrir a entrevista. Pode ser difícil entender exatamente o que o seu entrevistador está a tentar descobrir; será um desesperado? Está a ser muito procurado por outras organizações? Ou estão a tentar decifrar o quão flexíveis podem ser com a sua potencial oferta?

A verdade é que não há realmente uma resposta certa ou errada - depende das suas circunstâncias e das circunstâncias da empresa, como a rapidez que precisam de alguém para preencher o cargo ou a sua necessidade de ter um ordenado.

"A questão é benéfica tanto para o empregador quanto para o candidato", diz o guru de RH Joe Humphries. "É importante que os recrutadores saibam a rapidez que precisam ter para tomarem uma decisão, especialmente se for um candidato forte".

Resposta: “Estou a fazer entrevistas, mas a sua empresa está entre as minhas principais escolhas; em quanto tempo gostariam que começasse?”

2) Como está a selecionar a sua próxima empresa ou posição? O que é importante para si?

Quando as empresas fazem esta pergunta, tentam descobrir se os seus valores estão alinhados aos da empresa e, se a sua candidatura seria uma boa opção. Para responder com sucesso, explique os seus objetivos em relação à posição para a qual se está a candidatar.

Deve preparar-se com antecedência, ler os requisitos e especificações da oferta de emprego e perceber se é aplicável ao que está a procurar. Por exemplo, se o trabalho é bastante autónomo e exige que trabalhe sozinho, pode dizer que está a procurar mais responsabilidade para se desafiar.

Resposta: “Quero trabalhar para uma empresa que tenha um compromisso com a sustentabilidade, e sei que isso é algo que esta empresa considera em todos os projetos que realiza. A minha experiência no desenvolvimento de métricas pode ser útil para impulsionar os esforços da empresa”.

3) Qual foi a sua realização mais criativa no trabalho?

Esta é uma pergunta popular nas entrevistas, mas a diferença é que está muito restrito no tempo que tem para contar a sua história. É também uma questão ampla que pode ser abordada subjetivamente - não precisa apenas de contar uma história, mas também explicar por que a considera criativa - um malabarismo difícil num prazo tão curto.

Para começar, mantenha a história real curta - ignore os detalhes. E ofereça algum valor potencial para a empresa com a sua resposta.

Resposta: “Na minha função de supervisor de retalho, consegui otimizar o número de produtos que precisávamos para conservar nas nossas prateleiras ao criar e implementar um novo sistema de inventário. Isso permitiu-nos apurar o número e o tipo de artigos vendidos sazonalmente com mais eficiência e tornar o nosso processo de compra de stock mais eficiente.”

4) Como é o seu relacionamento com o seu chefe atual?

Conforme as perguntas da entrevista saem, esta é uma das mais fortes, em que o que não diz é provavelmente tão importante quanto o que diz. A especialista em carreiras, Alison Doyle, afirma que os empregadores estão a tentar verificar a sua perceção de autoridade com esta linha de inquérito e como lida com isso. Em alternativa, o autor James Innes argumenta que o entrevistador está a tentar entender melhor as suas intenções de sair.

Resposta: “O nosso relacionamento foi baseado numa comunicação forte e em encontrar as melhores soluções para a empresa, mesmo quando discordámos sobre determinados temas. Aprendi muito, especialmente a gerir pessoas nos departamentos usando a diplomacia, e sinto que poderia aplicar essas lições à minha nova função .”

5) Como descreveria o seu comportamento profissional?

Novamente, esta questão é para avaliar a sua compatibilidade com a empresa. Os seus padrões e ética combinam com a empresa? Isto pode ser dividido em coisas simples que dizem muito sobre o seu profissionalismo. Se uma reunião é às 10h, aparece às 10 ou às 5 para as 10? Quando está ao telemóvel, vai para algum lugar particular para não incomodar as pessoas? Estes são pequenos pontos de comportamento, mas dizem muito sobre si, especialmente num contexto de trabalho.

Resposta: “Sou um trabalhador esforçado, chego cedo e fico até que as minhas metas estejam cumpridas. Priorizo as tarefas mais importantes e delego o resto. Posso trabalhar com os objetivos de uma tarefa e descobrir a mecânica sozinha, ou em colaboração com as pessoas relevantes. Também sei a importância de uma comunicação eficaz, tanto com o meu chefe quanto com os membros da minha equipa.”

6) Conte-me sobre a sua última avaliação de desempenho - Onde ficou mais desapontado?

James Innes afirma que esta é uma tentativa para levá-lo a admitir as suas próprias deficiências. Se não tiver avaliações de desempenho, não fuja à pergunta, ofereça, em vez disso, o que acredita que suas próprias deficiências sejam. Apresente as suas fraquezas como pontos fortes. Se lhe disserem que precisa participar mais nas reuniões, diga que este conselho em conta e está a trabalhar nisso, mas que também encontra valor em permitir que outras pessoas falem e ouvir as suas ideias antes de formular as suas próprias.

Resposta: “O meu supervisor sentiu que eu estava a gastar muito tempo a explicar como lidar com questões técnicas aos outros funcionários. No entanto, sinto que isso é mais uma prova de que estou pronto para assumir uma posição de chefia. Por isso estou a candidatar-me a este posto ”.

7) Conheceu os outros candidatos? Quem diria que é o mais forte?

Esta é uma pergunta brilhante e que só pode ser feita num ambiente de entrevista rápida. É inteligente porque há uma ampla gama de respostas e cada uma pode dizer muito sobre o candidato. A resposta mais óbvia seria "sim, conheci-os, mas acredito que sou o mais forte". Transmite autoconfiança na sua própria capacidade. Ao mesmo tempo, dizer que ficou impressionado com o candidato X é como dizer ao entrevistador que não é a melhor pessoa para o trabalho.

Resposta: A opção mais segura é desassociar-se da natureza competitiva da questão. Reitere que está focado apenas no que pode fazer pela empresa. E finalmente, admita que, se houver alguém melhor qualificado e mais adequado para a posição agora, irá embora e trabalhará para melhorar as suas capacidades no caso de uma posição surgir no futuro.

Independentemente de conseguir o emprego ou não, use a entrevista como uma experiência de aprendizagem. As perguntas são pensadas para serem diretas, porque não tem tempo para explicar as suas respostas tão bem como numa entrevista tradicional; use-a como uma oportunidade para desenvolver as suas capacidades de comunicação.

6 formatos originais para fazer o CV e conseguir o trabalho desejado

Ebook: 6 formatos originais para fazer o CV

Muitas vezes pode ser complicado descobrir a melhor forma de criar um CV criativo e por isso criámos este e-book que pretende ser um guia para quem quer apostar tudo na procura de trabalho.

Inscreva-se e receba este eBook gratuitamente



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.