Notícias

Novo programa do Governo para licenciados desempregados

      
O Governo garante que nos últimos três anos o setor do turismo recebeu cerca de 100 mil novos trabalhadores
O Governo garante que nos últimos três anos o setor do turismo recebeu cerca de 100 mil novos trabalhadores  |  Fonte: Shutterstock
  • O Turismo de Portugal e o IEFP assinaram um acordo de cooperação para ajudar a resolver um dos problemas da área do turismo: a falta de mão de obra.
  • Até ao fim do ano devem ser abrangidas 15 mil pessoas, entre elas licenciados desempregados.
  • A ideia é valorizar as profissões ligadas ao turismo.

O novo programa do Governo prevê mais formação para quem trabalha no turismo, mas também para quem quer mudar de profissão e tentar uma segunda oportunidade noutro setor. A iniciativa de promover formação na área do Turismo é do Turismo de Portugal e do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

A ideia é também dar novas oportunidades a desempregados, ajudando a diminuir os números do desemprego entre licenciados, que atingiu as 72 mil pessoas no terceiro trimestre de 2018.

Está à procura de emprego no setor do turismo?

Procure na Universia

Neste âmbito será lançado um projeto piloto para formação profissional de desempregados com habilitações de nível superior, de diferentes áreas de formação, de forma a dotá-los de ferramentas que lhes permitam exercer uma profissão no turismo, um dos setores que mais tem crescido e contribuído para o crescimento da economia nacional.

Em declarações à Lusa, o vice-presidente do Instituto do Emprego e Formação profissional (IEFP), Paulo Feliciano, referiu que o universo de duas mil pessoas que se estima poderem ser abrangidas neste primeiro ano de operacionalização do protocolo incluem 300 daqueles desempregados. As primeiras ações de formação deverão estar prontas a ir para o terreno no final do primeiro trimestre deste ano.

A estratégia de operacionalização do acordo de cooperação passa ainda pela realização de uma campanha de promoção e valorização das profissões do setor do turismo e por uma ação de formação técnica e pedagógica para 120 formadores e tutores das escolas de hotelaria e turismo do Turismo de Portugal e dos centros de formação profissional do IEFP.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, sintetiza 4 objetivos deste acordo estratégico entre o Turismo de Portugal e o IEFP:


O Governo garante que nos últimos três anos o setor do turismo recebeu cerca de 100 mil novos trabalhadores, “o que é muito significativo quando estamos a falar de um universo de cerca de 400 mil pessoas a trabalhar no turismo”, sublinhou a secretária de Estado do Turismo. Segundo a AHRESP, a associação de restauração e hotelaria, a indústria do turismo precisava, já no ano passado, 40 mil novos trabalhadores.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.