Notícias

CANDIDATURAS ABERTAS PARA ACOLHER UMA NOVA CULTURA EM FAMÍLIA

      

Os jovens, de mais de 20 nacionalidades diferentes, têm entre 15 a 18 anos, frequentam o Ensino Secundário e procuram uma experiência intercultural em Portugal.

Durante o período do seu intercâmbio vão viver com uma Família de Acolhimento voluntária, frequentar a Escola Secundária local e integrar-se na comunidade envolvente.

Segundo a associação “o núcleo familiar que acolhe não tem de pertencer a nenhum modelo familiar tradicional. Podem ser famílias com filhos, sem filhos, adultos independentes ou famílias monoparentais, de diferentes idades, géneros e composições.” O papel das famílias de acolhimento é receber os jovens em sua casa e ajudá-los no seu processo de integração na escola e na comunidade.

Ângela e Bruno com uma filha de 5 anos, acolheram um jovem Italiano e falam-nos da sua experiência, “A nossa primeira preocupação no seio da novidade, era saber como cuidar de um filho, com 17 anos, que na realidade não era nosso… como criar um laço maternal, sendo nós uma família que valoriza ao máximo momentos em família, a partilha e a união. (…) O G. adaptou-se muito bem à nossa família, à escola, à língua portuguesa, que aprendeu a falar muito bem e rapidamente. É um irmão que faltava à nossa filha, é um filho que nos preenche o coração. (…) Desde início, a iniciativa à partilha das tarefas da família nunca foi o seu forte, mas sempre que solicitávamos ajuda correspondia sempre, e aos poucos o G. foi-se integrando nesse hábito que sempre fez parte da nossa rotina; (…) constatamos que somos uns afortunados pelo desafio que nos foi colocado nas mãos, e que abraçámos com todo o nosso amor e dedicação, sentimos que o G. é um de nós (…). Aconselhamos vivamente a experiência, (…) vão descobrir que ainda existe mais amor dentro delas além daquele que lhes era conhecido. Aconteceu connosco."

Segundo a associação, o Programa de Acolhimento AFS promove a partilha e troca de novas referências culturais, desperta a abertura e tolerância no seio familiar, cria laços que duram uma vida inteira, e valoriza uma perspectiva mais sensível e atenta a assuntos globais.

As candidaturas estão abertas a todas as famílias que se voluntariem a acolher um/a jovem estudante a partir do próximo ano lectivo. Para saber mais informação pode consultar o site e o blogue da associação Intercultura-AFS Portugal.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.