text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Projeto “Nuada” vai à final mundial do Imagine Cup da Microsoft

      
Fonte: Universidade da Beira Interior (UBI)

Uma equipa de três investigadores da Universidade da Beira Interior (UBI) e um do ISCTE acaba de ser selecionada para a final mundial do Imagine Cup – Microsoft, com a apresentação do projeto “Nuada”, um protótipo de mão “biónica” que tem por objetivo melhorar a mobilidade da mão em pessoas que sofrem de dores e falta de força neste membro. Este projeto foi o vencedor no concurso em Portugal e será o representante da Europa Ocidental na  última etapa. É a segunda vez que a UBI vai à final deste concurso. 

 

O sistema “Nuada” suporta, assim, o normal funcionamento da mão. É composto de hardware e software e é útil para pessoas que sofrem de falta de força ou de dor quando seguram objetos. Pode, ainda, ser utilizado por profissionais com atividades manuais exigentes e para prática desportiva.

 

Apesar de ter um ecrã táctil, no modo automático (que será o modo de uso normal), o utilizador controla a luva movendo os dedos normalmente dentro dela, que pode enviar instruções para um servo-motor que bloqueia/desbloqueia uma engrenagem, permitindo que a pessoa possa abrir a mão ou não. No modo bloqueado o utilizador não consegue abrir a mão. 

 

O “Nuada” tem sensores que permitem uma melhor avaliação das funções da mão pelo utilizador. Com estes sensores, gera métricas úteis que permitem aos profissionais de cuidados de saúde uma avaliação da recuperação e da evolução das etapas do paciente. Estas métricas são também úteis para atividades profissionais e desportivas.

 

Atualmente a Nuada tem vários protótipos desta mão. Um deles tem um motor de tamanho reduzido (próximo de um relógio), que está projetado para suportar 40kg.

 

 

A equipa e o reconhecimento do júri

 

Desta equipa fazem parte, além de Filipe Quinaz (instrutor CISCO na UBI), Pedro Querido (programador), Pedro Quinaz (investigador) e Luciana Alegre (design industrial).

 

O sistema pode ser conectado com um smartphone via Bluetooth com o objetivo de proporcionar serviços adicionais ao utilizador.

 

O projeto recebeu significativos elogios do júri do ImagineCup : “I can say that Nuada is a very well designed project, created with great attention and affection. The financial result also presented is attractive and would be good to apply it to the international level. I strongly recommend the implementation of this project! My sincere congratulations to Filipe Quinaz, Luciana Alegre, Pedro Querido and Pedro Quinaz. You are people with brilliant minds. I hope one day to see this project implemented in the market as a product!”

 

Inicialmente, a “Nuada” tem um universo mundial de 75 mil pacientes, um número avançado “às cegas” pelo Team Nuada, uma vez que a equipa assumiu não ter dados concretos sobre o universo real a que se pode aplicar a luva. Contudo, e segundo Filipe Quinaz, na realidade, esta luva pode chegar a milhões de utilizadores.

 

A final realiza-se em Seattle, em 31 de Julho, onde a equipa dos “The Dians” vai concorrer na categoria “World Citizenship”, conjuntamente com outras doze equipas.  

 

É já a segunda vez que a UBI vai à final deste concurso, tendo alcançado o terceiro lugar em 2012, em Sydney, Austrália.  

 

Filme do projeto no Youtube

 

Mais informações::

Site do projeto: "Nuada"

Site da Imagine Cup:  Imagine Cup

Outras equipas finalistas

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.