text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Qual é o futuro da educação e do open source?

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Um assunto muito abordado entre os especialistas da área de educação é de que forma a tecnologia está a ser inserida no processo de aprendizagem, e quais serão as tendências para o futuro. A tecnologia pode trazer diversos benefícios para a educação, incluindo o open source (em português, código aberto).

Leia também:
» Todos os infográficos sobre educação">

Qual é o futuro da educação e do open source?

Um dos principais aspectos em que a tecnologia influencia positivamente a educação é nos cursos online, ou Massive Online Open Courses (MOOC) . Através deles, pessoas que não têm a possibilidade de frequentar um curso presencial podem estudar de acordo com o seu próprio ritmo e, melhor ainda, gratuitamente.

O open source, em relação aos MOOCs, poderia trazer vários benefícios. Em vez de oferecer uma experiência padronizada de ensino, tal como é habitual nas grandes instituições de ensino, por que não personalizarmos o acesso ao conhecimento? Com plataformas de cursos online em código aberto, os alunos podem beneficiar de melhorias para o seu estudo. É possível, por exemplo, adaptar os programas e os sites para que cada estudante coloque as informações que julgue mais importantes no seu local de preferência.

O conceito de open source também está estritamente ligado ao do conhecimento livre. Paralelamente a isto, a liberdade de conhecimento e fácil acesso à cultura é o que os especialistas na área da educação pretendem com a inserção da tecnologia nas salas de aula. Portanto, o open source e o futuro da educação possuem objetivos similares e, neste sentido, os códigos livres poderiam ser utilizados como uma ótima ferramenta para alcançar essa meta.

Além disso, o open source proporciona a oportunidade de fazer coisas por si mesmo, o famoso do it yourself. Os softwares livres prezam a inovação e colaboração, dois princípios importantes para os jovens do futuro. Através de um simples código livre, os professores podem desenvolver nos alunos a capacidade de ter ideias inovadoras, além de incentivar a procura incessante por melhorias.

Por fim, o open source poderia ajudar na ligação entre diferentes utilizadores, informações e conhecimento. Os softwares comerciais, com códigos fechados e proibição de livre distribuição, conseguem atrasar o processo de ampla conexão cibernética. Já com o open source torna-se possível conectar-se com quem quiser, da maneira que julgar melhor, e não da forma que as empresas consideram ser a mais correta.

O principal aspecto que impede o open source de se tornar mais presente na educação está relacionado com os próprios professores que muitas vezespreferem aderir aos softwares comerciais pela facilidade ou até mesmo pela “preguiça” em aprender a lidar com um novo programa, sem pensarem nos benefícios que os códigos livres podem trazer para a educação.

É por isso que é tão importante que os professores saibam de que forma é que o open source os pode ajudar na inserção de tecnologias úteis na aprendizagem. O primeiro passo é perceber o funcionamento dos códigos livres, aprender a usá-los e, por fim, partilhar esse conhecimento com os estudantes. Com esta consciência por parte dos professores, todos terão a ganhar.

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.