text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O fim de um regime de Pedro Santos Guerreiro, do Expresso, vence Prémio de Jornalismo Económico

      
Prémio de Jornalismo Económico
Prémio de Jornalismo Económico  |  Autor: Banco Santander Totta  |  Fonte: Banco Santander Totta

Publicado em julho de 2014, o artigo de investigação do jornalista Pedro Santos Guerreiro destacou-se entre 90 candidatos, tendo recebido o Grande Prémio do Prémio de Jornalismo Económico, uma  parceria do Banco Santander Totta e da Universidade NOVA de Lisboa com um valor pecuniário de 10 000 euros.

Em setembro foi publicado, no Observador, o vencedor da categoria de Mercados Financeiros. “Engenheiros, matemáticos, físicos. O dinheiro também está nas mãos deles” é uma análise ao currículo invulgar de alguns agentes que operam em mercados financeiros, elaborada pela jornalista Ana Pimentel. Por sua vez, o artigo “Empresas que criam filhos”, que venceu na temática de Economia e Sustentabilidade, foi publicado em março por Alexandra Machado e Elisabete Miranda, do Jornal de Negócios, onde se aborda como algumas empresas reagem à ausência, por motivos de maternidade, das suas funcionárias. Cada um destes trabalhos recebe um prémio pecuniário no valor de 5 000 euros.

A edição deste ano incluiu ainda uma conferência de Chris Giles, Editor de Economia do Financial Times, que abordou o tema “Os desafios do jornalismo económico”.

Os prémios foram entregues por António Rendas, Reitor da NOVA, e António Vieira Monteiro, Presidente da Comissão Executiva do Santander Totta, numa cerimónia que teve lugar no edifício do Banco Santander Totta, na Rua do Ouro, em Lisboa.

Esta é a 9.ª edição do Prémio de Jornalismo Económico, cuja organização está a cargo da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH/NOVA), numa iniciativa conjunta da Universidade NOVA de Lisboa e do Banco Santander Totta. Esta visa promover a qualidade da criação jornalística, distinguindo os melhores trabalhos de imprensa escrita e eletrónica nas áreas acima referidas.

Os trabalhos a concurso foram avaliados por um júri constituído por distintos professores e jornalistas: Prof. Doutor João Costa (Presidente do Júri e Diretor da FCSH/NOVA), Prof. Doutor José Rodrigues dos Santos (RTP), Dr. Sérgio Figueiredo (TVI), Dra. Conceição Zagalo (GRACE), Dr. Francisco Sarsfield Cabral (Rádio Renascença), Prof. Doutor José Albuquerque Tavares (NOVASBE) e o Prof. Doutor Paulo Pinho (NOVASBE).


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.