text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Inovações Educativas no Sistema de Ensino

      
inovação educativa
É possível assistir a uma mudança daquilo que se considera como didático ou pedagógico.  |  Fonte: iStock

Para todas as áreas de conhecimento é possível encontrar plataformas e repositórios de teses de doutoramento e mestrado, contribuindo para um acesso facilitado e em open-source do conhecimento científico gerado a nível global    

Transformação do modelo de conhecimento

A partir de todas estas fontes de informação que estão disponíveis online, irão mudar naturalmente o paradigma do próprio conhecimento. Quando antes se valorizava a capacidade de memorização enquanto meio para preservar e desenvolver os sistemas de ensino, hoje em dia essa passa a ser uma habilidade que se torna cada vez mais infundada. Na verdade, hoje em dia é possível aceder a qualquer coisa através da internet. O grande desafio começa a ser, dotar os alunos de ferramentas que lhes permitam distinguir aquilo que é fidedigno, daquilo que não o é (usando as competências digitais para o efeito). Por outro lado, torna-se importante saber realizar o cruzamento de vários saberes multidisciplinares para evolução do conhecimento no sentido de capacitar a humanidade para a solução de diversos problemas que estão interconectados – entre o que pode ser a sociedade, a economia ou a tecnologia.  

Pedagogia através dos meios digitais

É possível, de igual forma, assistir a uma mudança daquilo que se considera como didático ou pedagógico. São diversas as plataformas que transformam a aprendizagem, habilitando os alunos com apps para aprender matemática ou línguas; assim como a possibilidade de realizar o ensino à distância e com ferramentas que tornam mais simples as tarefas do docente. A grande mudança passa também por não perder o ensino dos lados mais afetivos e que serão importantes para o domínio emocional dos futuros profissionais. A solução para os trabalhadores do futuro, passará sempre pela preservação da convivência ainda que os meios digitais possam oferecer recursos cada vez mais interativos.  

Modelos de ensino emergentes

Entre as diversas capacidades de adaptação dos meios digitais ao ensino, estão também algumas formulações pedagógicas que surgem com o advento desta nova era. Deixamos como exemplo, alguns modelos de ensino que poderão preparar a próxima geração para um mundo cada vez mais interconectado. 

Ensino STEM

STEM é a abreviatura para “Science, Technology, Engineers and Mathematics”. Esta é uma forma de olhar para estas disciplinas enquanto um conceito que pode ser multidisciplinar e capaz de desenvolver os alunos para soluções de natureza prática. Este modelo pode ser adaptado em sala de aula e é capaz de dar uma experiência real da aplicação de conceitos científicos diversos. A capacidade de cruzamento disciplinar em STEM, também traz a possibilidade de olhar para um desafio com novos pontos de vista – e exponenciando as noções associadas a cada uma destas disciplinas.    

International Baccalaureate

Este é um diploma aceite em diversas Universidades mundiais de prestígio. Compõe um curriculum focado no aluno enquanto agente de transformação global, capaz de aceder a conhecimento técnico, mas também fomentando soft-skills que serão definidoras de um percurso profissional de excelência. O programa de ensino abrange várias idades, mas a formação académica principal para acesso ao Ensino Superior é realizado entre os 15 e 19 anos de idade. A inovação do IB está na possibilidade de centrar um curriculum educativo que possa abranger as mais variadas culturas, dissociando os limites e fronteiras (de natureza física ou abstrata) que existam no globo.  


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.