text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

CPLP e Fundação para a Tecnologia vão criar centro UNESCO no espaço lusófono

      
Foto: CPLP
Foto: CPLP
O secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Domingos Simões Pereira, e o presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, João Sentieiro, assinaram um memorando de entendimento para o estabelecimento de um Centro UNESCO para “formação avançada em ciências básicas” no espaço lusófono.
 

“Temos tentado nos aproximar da UNESCO, que nos pretende apoiar na criação de um centro ligado às ciências e aos desenvolvimentos tecnológicos. Este apoio vai nos permitir a facilitação da criação deste centro que nós achamos que é um domínio no qual os nossos estados começam a mostrar muito interesse”, explicou à Lusa Domingos Simões Pereira.

O acordo assinado com Portugal, destacou o secretário executivo da CPLP, é “um passo muito significativo” que vem consubstanciar o objectivo fundamental de cooperar no domínio da Ciência e Tecnologia, conforme expresso nos estatutos da organização lusófona.

De acordo com Simões Pereira, o memorando vai reforçar a capacidade do secretariado da CPLP para tratar deste assunto. “Isto vai permitir que beneficiemos de uma consultoria ou de um trabalho técnico competente na matéria, o que vai ajudar ao secretariado a melhorar o seu nível de interacção com o gabinete da UNESCO”, precisou o responsável.

Em função desse trabalho, acrescentou, o secretariado da CPLP vai “poder não só definir quais os domínios onde a intervenção é prioritária, como também as questões que dizem respeito ao próprio centro”, explicou.

A questão da localização do futuro centro UNESCO “ainda não se coloca porque isso ainda será objecto de uma avaliação”, esclareceu Domingos Simões Pereira.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.