text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Lusitanistas debatem o ensino das Humanidades

      
Foto: Universidade do Algarve
Foto: Universidade do Algarve
Para Petar Petrov, coordenador executivo do congresso, “a importância deste evento tem a ver com internacionalização: num mundo globalizado, como o nosso, as Universidades devem estar abertas para novos desafios e experiências, apostarem numa maior visibilidade do trabalho dos seus docentes e investigadores”.

Questionado sobre o que poderão esperar os participantes, Petar Petrov realça a “oportunidade de conhecer pessoalmente colegas de vários quadrantes geográficos e se inteirarem da produção científica e de metodologias de investigação desenvolvidas em instituições estrangeiras”. A troca de experiências relativamente ao ensino das Humanidades, também foi realçada pelo coordenador executivo, bem como os problemas associados à mudança de paradigmas nas Universidades na era pós-moderna. “O convívio trará outras vantagens, como estabelecimento de  projectos de investigação que envolvam várias instituições; programas comuns a nível de pós-graduações, como 2º e 3º ciclos, tipo  Erasmus Mundus e Programas de Doutoramento.

Sobre os pontos altos do Congresso, além da apresentação das comunicações, todas avaliadas previamente, o que garante um elevado nível de cientificidade, Petar Petrov realça ainda as conferências de abertura e de encerramento, a cargo de Reitor da Universidade de Cabo Verde e da Profª. Anna Klobucka,  respectivamente; a mesa redonda com os seguintes escritores: Ana Paula Tavares (Angola), Márcio Souza (Brasil), Germano Almeida (Cabo Verde), Lídia Jorge e Nuno Júdice (Portugal) e Carlos Quiroga (Galiza); a mesa redonda sobre as Relações Literárias e Culturais Luso-Afro-Brasileiras, com participação dos  professores e  investigadores: Gilberto Mendonça Teles e Benjamin Abdala Júnior (Brasil), Francisco Noa (Moçambique), Fernando Cristóvão e Arnaldo Saraiva (Portugal); e a apresentação de livros de poesia, de narrativa e de ensaio, revistas especializadas e projectos de investigação.

Sobre o Congresso:

Este congresso, cuja Comissão de Honra é presidida por Sua Excelência o Presidente da República, chega à Universidade do Algarve depois de já ter passado por universidades tais como, Poitiers, Leeds, Coimbra, Hamburgo, Oxford, Rio de Janeiro, Brown, Santiago de Compostela e Madeira.

Do vasto programa destes cinco dias de congresso, fazem parte comunicações sobre Literatura Portuguesa, Literatura Brasileira e Literatura Africana de Língua Portuguesa. Quinze comunicações sobre o Prémio Nobel da Literatura, José Saramago, integram também este encontro.

A Linguística estará igualmente em destaque, assim como sessões dedicadas ao Teatro, ao Cinema, à Música, à Comunicação Social e às relações entre a Arte e a Sociedade.




Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.