text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

10 segredos para manter o otimismo durante o desemprego

      
como-mante-otimismo-durante-desemprego
Crédito: Ojo Fotos

 

Pode ser difícil manter o otimismo depois de períodos sem êxito na procura de um emprego. Entretanto, ceder à tentação de ficar amargurado, pessimista e mal- humorado só irá diminuir as hipóteses por um novo emprego. As dicas a seguir talvez não garantam a felicidade sem fim, mas com certeza irão ajudar a manter o otimismo e o ânimo durante o desemprego e futura conquista de emprego.

 

» O que fazer enquanto estiveres desempregado
» Está desempregado? Volte ao mercado de trabalho
» Todas as notícias e dicas sobre carreira

 

Confira 10 segredos para manter o otimismo durante o desemprego:

 

1. Conquista pequenas coisas todos os dias
Manteres-te produtivo durante o desemprego é crucial para o otimismo. Em vez de ocupares todas as horas do dia na procura de emprego, procura conquistar pequenas coisas todos os dias que te ajudem a evoluir. Outros objetivos podem estar focados, por exemplo, na tua família, comunidade e saúde.

 

2. Muda a tua mentalidade
Foca-te nos detalhes positivos de cada acontecimento. Não é possível ignorar notícias más, mas podes mudar a tua mentalidade para encará-las de forma mais positiva e otimista.

 

3. Lembra-te que tudo muda
Não há como prever o que o dia seguinte pode trazer, como um e-mail inesperado, um telefonema promissor ou um antigo contato profissional que deseja contatar-te para novas oportunidades.

 

4. Evita o sentimento de culpa
Pensar que só os maus profissionais são recusados é um erro. Até mesmo candidatos qualificados e inteligentes como tu são desqualificados de processos seletivos. Isto acontece por milhares de motivos diferentes, e culpar-te pelas decisões das empresas não irá ajudar-te a manter o otimismo.

 

5. Não estás isolado
Pode ser mais fácil enfrentar esse período se souberes que, como tu, há muitas pessoas que também enfrentam o desemprego. Procurar o apoio da família e amigos é essencial para que não deixes esse problema dominar-te.

 

6. Assume o controlo
Serás mais otimista quando sentires que tens mais controlo sobre a tua vida. Não é possível forçar as empresas a contratar-te, mas se pensares em todas as outras coisas que consegues controlar, como as tuas qualificações para o emprego que te candidatas por exemplo, terás mais segurança durante as entrevistas.

 

7. Não te compares com outros
Uma forma garantida de te sentires mal é começar a comparares-te com as outras pessoas. O problema disto é que, normalmente, só consegues ver aquilo que os outros querem mostrar, ou seja, as conquistas e aspectos de sucesso das suas carreiras e não a realidade.

 

8. Presta atenção nas tuas companhias
Reflete um pouco sobre as pessoas com as quais normalmente estás: elas são positivas e otimistas ou negativas? Cercar-te de indivíduos bons é uma ótima forma de combater a frustração e o negativismo deste período. Além disso, através dessas pessoas irás sentir-te inspirado e confiante para enfrentar o desemprego.

 

9. Ter um plano financeiro
É mais fácil que te sintas otimista se souberes exatamente qual é tua situação. Fazer um plano financeiro pode parecer difícil quando não há ordenado, mas irá permitir que tu procures o emprego de forma realista e capacitado com o conhecimento de tua reação situação.

 

10. O teu emprego não te define
Tu não és o teu emprego, por mais que procures te definir, e aos outros ,muitas vezes, por esse critério. Também não és as coisas que possuis ou as roupas que vestes. Tenta ver-te como a pessoa que és para os teus amigos e familiares e não pelos objetos à tua volta.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.