text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como incluir competências como redes sociais no teu currículo

      
Afirmar simplesmente que somos especialistas em redes sociais vai soar a pouco para o empregador
Afirmar simplesmente que somos especialistas em redes sociais vai soar a pouco para o empregador
    • Autoproclamares-te como um especialista em redes sociais não é a melhor maneira de chamares a atenção das empresas.
    • Se disseres que tens experiência com redes sociais sem especificar que tipo de trabalho realizaste, dificilmente serás levado a sério.
    • Portanto, tenta ser concreto quando mencionas competências em redes sociais e apresenta resultados.

Atualmente cresce cada vez mais a procura por candidatos que possuam competências com redes sociais. Entretanto, muitos profissionais encaram essa procura de maneira leviana e chegam mesmo a alegar nos seus currículos que são "especialistas nas redes sociais"

Longe de ser verdade, esse tipo de afirmação prejudica, e muito, a candidatura de qualquer um. Para que consigas adaptar as tuas competências da melhor forma no teu currículo e deixar claro para os recrutadores quais são as tuas aptidões de acordo com os requisitos expressos por eles, fica a conhecer as seguintes dicas.

1. Descreva as tuas habilidades de maneira apropriada

Autoproclamares-te como um especialista em redes sociais não é a melhor maneira de chamares a atenção das empresas. Dizer que tens experiências e resultados profissionais na área, porém, é o aconselhável, mas deve ser comprovado através de exemplos e de dados acessíveis aos recrutadores.

2. Escreve de acordo com as necessidades da empresa

Cada empresa irá oferecer determinados requisitos para os candidatos. A partir dessas informações também é possível perceber quais são as necessidades da empresa e as principais funções de quem for recrutado. Com esses dados poderás personalizar o teu currículo para cada vaga, a escrever as tuas capacidades a partir de resultados concretos e não coloques apenas informações gratuitas.

3. Compreende a diferença entre o profissional e o pessoal

Se disseres que tens experiência com redes sociais sem especificar que tipo de trabalho realizaste, dificilmente serás levado a sério. Isso acontece porque qualquer pessoa com acesso à internet pode ter experiência com as redes sociais, mas apenas os profissionais sabem usá-las da forma como as empresas procuram.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.