text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como trabalhar no Brasil

      
como-trabalhar-no-Brasil-noticias
Crédito: Ojo Fotos

 

O Brasil é um país continental, com mais de 190 milhões de habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e, de acordo com o Fundo Monetário Mundial (FMI), é a sexta economia mundial, tendo já ultrapassado a britânica. Todo este dinamismo tem feito com que Portugal, sofrendo com a Crise Europeia, voltasse a olhar para a sua antiga colónia como uma terra de novas oportunidades.

 

» Leia também as dicas de carreira e emprego na Universia Brasil
» Todas as notícias e dicas de carreira

 

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil, em 2013, o país criará mais de 1,5 milhões de empregos. Uma quantia que supera a quantidade de desempregados em Portugal, segundo dados do gabinete da União Europeia. Não é à toa que atualmente, e segundo a revista brasileira Época, vivam no Brasil 277.779 portugueses, representando a maior comunidade de imigrantes no Brasil.

 

No entanto, e antes de decidir atravessar o oceano, é preciso conhecer alguns aspectos sobre o Brasil, como por exemplo, custo de vida, vistos para trabalhar e quais os setores que mais empregam no país.

 

Custo de vida

 

O Brasil é um país de grandes oportunidades e com uma economia crescente, porém o custo de vida é alto. Além disso, é uma nação na qual os serviços públicos não têm a mesma qualidade que em Portugal. Portanto, é normal pagar-se por saúde, educação e outros serviços que talvez não terias que pagar aqui.

 

O custo de vida em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro é muito mais alto do que em Lisboa. Segundo a empresa de consultoria Mercer, as duas cidades são as 12ª e 13ª mais caras do mundo respectivamente. Na mesma análise, Lisboa ficou na 108ª posição.

 

Logicamente, os salários das cidades devem ser equivalentes ao seu custo de vida, porém, é importante ter esta noção para não chegar ao país com expectativas erradas.

 

É importante lembrar também que o Brasil tem diversas oportunidades nas outras capitais fora do eixo Rio – São Paulo, como Salvador, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, entre outras, além do interior, que cresce com a emigração de habitantes das cidades. Além disso, as atividades agrícolas têm diversificado a região do interior do Brasil, transformando-a em grande geradora de oportunidades de trabalho.

 

Neste site, podes consultar o custo de vida de cada cidade brasileira: https://www.custodevida.com.br/

 

Visto de trabalho brasileiro

 

Não é aconselhável que venhas para o país sem que tenhas conseguido um emprego. Podes utilizar a internet para procurar um trabalho no Brasil. Não precisas necessariamente de emigrar para usufruir destas oportunidades. O recomendável é que venhas apenas com oportunidades garantidas.

 

Os vistos de trabalho, temporários e permanentes devem ser solicitados pelo site do Consulado do Brasil em Lisboa. Aí terás acesso a todas as informações sobre os vistos, desde permissão para turismo até para abrir seu próprio negócio no país.

 

Setores que mais empregam

 

Segundo a revista brasileira Exame, os setores que mais empregam no Brasil são:
 

  • Petróleo e gás
  • Construção
  • Geração de energia
  • Agronegócio
  • Gestão de Planeamento Tributário
  • Tecnologia

 

Além disso, os eventos internacionais de grande porte no país devem aquecer mais ainda a economia. A Copa de 2014 será fonte de emprego e oportunidade em, no mínimo, 90 setores. Os mais beneficiados deverão ser:

 

  • Construção civil
  • Tecnologia da informação
  • Turismo
  • Comércio de Retalho
  • Serviços
  • Vestuário
  • Madeira e móveis
  • Agronegócio

 

O Brasil, portanto, pode ser uma oportunidade para quem está desempregado em Portugal; ainda mais se trabalhas numa das áreas listadas acima. No entanto, é importante analisar o custo de vida na cidade para a qual vais trabalhar e garantir de que tens uma oportunidade concreta antes de te aventurares pelo país.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.