text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Cinco coisas que pessoas realmente inteligentes fazem

      
As pessoas inteligentes reconhecem que todas as pessoas têm algo para ensinar
As pessoas inteligentes reconhecem que todas as pessoas têm algo para ensinar
  •  As pessoas inteligentes ouvem com atenção os outros e centram-se na mensagem independentemente de quem a emite.
  • Os inteligentes são curiosos por natureza e querem aprender sempre mais.
  • As pessoas verdadeiramente inteligentes são humildes o suficiente para não terem à partida qualquer preconceito.

Na vida, estamos sempre a aprender. No entanto, poucas são as pessoas que demonstram ser verdadeiramente inteligentes, o que nem sempre significa ter boas notas nos exames ou um QI elevado. É todo um modo de agir, um conjunto de crenças; praticamente um lifestyle. 

Fica a conhecer 5 coisas que as pessoas verdadeiramente inteligentes fazem:

1- Ouvidos abertos

As pessoas inteligentes ouvem aquela voz interior que nos alerta constantemente para os "ses" e nos dá argumentos contraditórios para aprofundarmos o pensamento.

Se a nossa voz interior não nos permite ouvir o outro podemos perder a oportunidade para aprender uma boa lição. Isto acontece porque estamos mais preocupados em ouvir as nossas ideias e os nossos desejos, em vez de ouvirmos o outro.

Gostava de tirar um master?

Procure opções na Universia

2- Discutem com elas próprias

As pessoas inteligentes estão sempre a discutir com elas próprias porque estão sempre a aprender coisas novas, a ter novas opiniões e, portanto, estão num eterno processo de transformação cognitiva e opinativa. Os inteligentes praticam a arte da retórica e da discussão com a melhor pessoa do mundo: elas próprias.

3- São curiosas

As pessoas inteligentes são curiosas por natureza. Os curiosos têm sede de conhecimento, querem desbravar o desconhecido e conquistar a sabedoria a todo o custo.

4- Não têm teorias fixas

As pessoas verdadeiramente inteligentes são humildes o suficiente para não terem à partida qualquer preconceito preestabelecido, qualquer teoria, expectativa ou qualquer outra ideia fixa. Como já referido no ponto 2, como passam a vida a discutir com elas próprias, também passam a vida a mudar de visão e de perspetiva.  Estas pessoas sabem que, quanto mais se sabe, menos se sabe. Portanto, não vêem sentido em manter teorias ou conceitos cristalizados nas suas mentes.

5- Foco na mensagem e não no emissor

As pessoas medíocres avaliam previamente se vão ou não ouvir o seu interlocutor, enquanto que as pessoas inteligentes ouvem toda a gente, pois reconhecem que todas as pessoas têm alguma coisa para ensinar.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.