text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

4 dicas para pensar como um empregador durante a procura de emprego

      
Crédito: Ojo Fotos
Crédito: Ojo Fotos

 

Se pensar como um empregador durante a procura de emprego, será possível diferenciar-se dos restantes candidatos às vagas. Esse padrão de pensamento vai ajudá-lo a mostrar os seus conhecimentos enquanto candidato, de tal forma que os empregadores poderão identificar, durante o processo de entrevistas, o esforço que fez para conhecer melhor a empresa através de várias pesquisas. Além disso, pensando como um empregador poderá também direcionar a sua procura para assumir posições que representem experiências valorisadoras para a sua carreira. Veja aqui as nossas dicas:

 

» Como encontrar ajuda gratuita para procurar emprego
» 5 dicas valiosas que vão mudar a forma como procura emprego
» 3 dicas para procurar emprego através do Facebook

 

 

1. Encontre uma empresa que preencha as suas necessidades

Durante o processo de contratação, os empregadores procuram candidatos que se encaixem bem na empresa. Quando estiver a fazer a sua pesquisa, é de extrema importância que você pense da mesma forma. Pense no que você quer, no que precisa e nos seus objetivos, desta forma encontrará um emprego do qual gosta. Também é boa ideia pensar no que quer de um trabalho e da sua carreira.

 

 

2. Investigue a empresa

Uma das primeiras coisas que um empregador faz antes da entrevista é procurar informações sobre o candidato. Da mesma forma, é imprescindível que um candidato a uma vaga de emprego, se informe sobre a empresa. Quando for convidado para uma entrevista, é importante que consiga o máximo de informações possível sobre a organização. Informe-se sobre a missão e os valores, sobre os clientes e as conquistas da empresa. Isso vai ajudá-lo a mostrar que você é uma boa escolha. Além disso, pesquise também a presença online da empresa. Descubra as redes sociais em que a empresa tem perfil e de que forma participa. Isso vai ajudá-lo a entender a cultura da empresa.

 

 

3. Escolha as suas questões com sabedoria

No início da entrevista, há questões que não pode deixar de fazer para mostrar que pesquisou sobre a empresa. Durante o primeiro encontro com os técnicos de recrutamento, faça perguntas relacionadas com o cargo disponível e a cultura da empresa. Quando passar às fases seguintes do processo, é importante que faça perguntas que mostrem o que sabe sobre o sucesso da empresa. Este tipo de questão deve ser selecionado com cuidado, para mostrar apenas o melhor de si ao técnico de recrutamento.

 

 

4. Lembre-se de que qualidade é melhor do que quantidade

Como você se está a candidatar a várias vagas, certifique-se de que está a escolher apenas cargos nos quais será possível desenvolver as suas competências e ganhar experiências que possam acrescentar valor ao seu currículo. Embora seja tentador mandar currículos para qualquer vaga aberta, lembre-se de que ser escolhido para um emprego que não goste é quase tão mau como não ter qualquer emprego. Pense como um técnico de recrutamento: ele procura bons candidatos e não o máximo de opções que puder reunir. Aja da mesma maneira, procure empresas que possam acrescentar valor à sua carreira.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.