text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

3 dicas para escrever boas propostas formais

      
3 dicas para escrever boas propostas formais
Crédito: Shutterstock.com

 

Nunca se sabe quando será necessário enviar uma proposta, ou quantas vamos enviar ao longo da nossa vida. No entanto, qualquer que seja a situação, temos a certeza que elas devem ser escritas de maneira formal e objetiva. Seja para uma vaga de emprego ou para se candidatar a uma bolsa de estudos, a aposta está na qualidade. Quer saber como elaborar uma boa proposta formal? Consulte as nossas dicas:

 

» Como escrever os objetivos num currículo
» 4 dicas para escrever um ótimo currículo
» Como escrever um currículo em inglês

 

 

1. Siga as regras

Muitas associações e organizações fornecem informações rígidas sobre a forma como gostariam de receber esse tipo de proposta. Por isso, é importante que se certifique que está a cumprir todas as exigências de forma correta. Ao fazê-lo está a garantir que não vai ser eliminado por uma tecnicidade, antes mesmo de conseguir provar o seu valor. Além disso, os responsáveis que vão ler as propostas vão apreciar a atitude. Confirme se foi imposto algum limite de caracteres, se é necessário apresentar objetivos ou se o formulário de inscrição deve ser enviado online ou via correio. Confirme ainda se é necessário enviar uma biografia, ou se existem alguns requisitos de inscrição ou até mesmo referências a serem incluídas.

 

 

2. Comece cedo. E faça os trabalhos de casa

Não espere até ao último minuto para apresentar a sua inscrição, garanta que terá tempo suficiente para reunir os documentos exigidos e preencher os requisitos necessários, e ainda de elaborar uma apresentação específica e autêntica. Por isso, uma boa ideia é pesquisar a instituição para a qual está a enviar a proposta e escrevê-la de maneira a atender às crenças dela. Pense no tópico da sua apresentação e em como pretende apresentá-la a quem quer que seja. Deve identificar cada detalhe do assunto e mostrar confiança ao falar. Tudo isso é o resultado de um treino e por isso, não pode procrastinar.

 

 

3. Mantenha-se atento aos prazos

Alguns processos possuem uma infinidade de prazos e de etapas. Esteja atento a todos eles. Crie um cronograma e anote todas as datas e tarefas relacionadas com a sua proposta, se possível, agende convites que forneçam lembretes para garantir que não deixará passar nada. Lembre-se também que grande parte das instituições tem regras rígidas quanto aos prazos. De nada adiantará enviar um documento no dia a seguir ao fim do prazo.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.