text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Rainha da Suécia galardoa Professor do Curso de Medicina da UAlg

      
Rainha da Suécia galardoa Professor do Curso de Medicina da UAlg
Rainha da Suécia galardoa Professor do Curso de Medicina da UAlg

 

Esta distinção deve-se ao seu trabalho de investigação relacionado com a deficiência auditiva em crianças, que culminou com a criação de um tratamento da otite média serosa, diminuindo, assim, as cirurgias invasivas desta região anatómica.

A perda auditiva em crianças, cuja causa mais frequente é a otite serosa (cerca de 80% das crianças sofrem uma ou mais otites serosas antes dos 4 anos de idade), é uma deficiência comum que pode arrastar-se durante meses a anos antes de ser detetada, resultando em milhares de operações anuais no nosso país. Além dos potenciais riscos associados à anestesia, as crianças sofrem ocasionalmente complicações graves e muitas tem que ser re-operadas. Todos estes procedimentos acarretam elevados custos socioeconómicos.

Neste contexto, Armin Bidarian Moniri desenvolveu um novo método não-invasivo para o tratamento da otite serosa, que consiste num dispositivo que, aparentando ser um brinquedo, ajuda a criança a equilibrar a pressão e arejar o ouvido médio, prevenindo a formação de otites serosas. Este novo método foi testado no serviço de Otorrinolaringologia do CHA - Portimão, contando com a colaboração dos colegas Ilídio Gonçalves (diretor de serviço), Maria-João Ramos, Lourdes Moreno e Rubén Rojas. Sem qualquer efeito colateral detetado e com uma excelente adesão, o método foi patenteado e será comercializado sob o nome de Moniri-Otovent, ainda este ano.

Formado em Medicina na Universidade de Bergen- Noruega, aos 39 anos o galardoado conta já com uma brilhante carreira, tendo realizado trabalho clínico em anestesia e cirurgia pediátrica no Hospital Universitário Karolinska, em Estocolmo, e a especialidade de Otorrinolaringologia no Hospital Universitário Sahlgrenska, em Gotemburgo, onde iniciou o doutoramento em "Apneia do Sono em adultos e otite seromucosa em crianças”, baseado em dois novos tratamentos por si imaginados.

A direção do curso de Medicina da Universidade do Algarve congratula-se por mais este reconhecimento do trabalho de investigação de um dos seus professores e realça que "é uma honra ter na equipa Médicos e Investigadores com o perfil do Doutor Armin Bidarian Moniri", acrescentando ainda que "o reconhecimento do seu trabalho por parte da Rainha da Suécia é motivo de orgulho para todos".

A conceituada revista “International Journal of Pediatric Otorhinolaryngology” publicará este importante avanço da medicina.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.