text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O que fazer numa entrevista de emprego se não se encontra bem psicologicamente

      
O que fazer numa entrevista de emprego se não se encontra bem psicologicamente
O que fazer numa entrevista de emprego se não se encontra bem psicologicamente  |  Fonte: Shutterstock
Notícias Seu Emprego, Universia Brasil

DICAS DE RECRUTAMENTO

Os Técnicos do Universia Emprego deixam algumas dicas sobre como conseguir emprego, como funciona o mercado de trabalho e o desenvolvimento profissional. Acompanhe a série

Problemas, todos temos. São inevitáveis e não estão à espera de convite para aparecerem nas nossas vidas. Antes pelo contrário, por vezes surgem quando menos os esperamos.

Mas se não temos forma de os evitar, temos então que aprender a lidar com eles se nos queremos sair bem em algumas situações, como a entrevista de emprego, por exemplo.

Nestas situações, por mais que o candidato esteja incomodado com algum problema pessoal, deve aprender a abstrair-se e a manter o equilíbrio para assim conquistar a vaga disponível. Lembre-se que a entrevista é uma conversa formal e estritamente profissional, por isso, não misture as coisas.

As características comportamentais são constantemente avaliadas ao longo das entrevistas. Por isso, para o candidato conquistar a oportunidade, precisa de mostrar que está preparado psicologicamente para enfrentar desafios, que não serão poucos na nova empresa.

É normal que alguns assuntos abordados pelo entrevistador possam despertar pontos de fraqueza no candidato que está com o seu lado emocional abalado. No entanto, deve procurar manter uma conduta profissional até ao fim da entrevista. Respostas como “não me sinto muito bem perante este tema” bastam para que o entrevistador mude o rumo da entrevista.

Há casos de candidatos que insistem em responder a um tema delicado e começam a trazer para entrevista problemas familiares, da faculdade e até mesmo das suas relações pessoais para justificar a sua posição sobre o assunto apresentado. Essa atitude transparece uma imagem negativa para o entrevistador e é interpretada como instabilidade e imaturidade profissional.

A transparência é fundamental num processo de recrutamento, mas existem assuntos que não devem ser pautados ao longo das diversas etapas. Por esse motivo, um candidato que esteja psicologicamente abalado pode, antes de comparecer à entrevista de emprego, procurar conversar com amigos, familiares e até mesmo com especialistas. O desabafo é essencial para identificar o motivo do problema e procurar resolvê-lo rapidamente, no entanto, isso não poderá nunca ser feito durante a entrevista, caso pretenda ficar com a vaga disponível.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.