text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Não diga mal das empresas anteriores durante a entrevista de emprego

      
Não diga mal das empresas anteriores durante a entrevista de emprego
Não diga mal das empresas anteriores durante a entrevista de emprego  |  Fonte: Shutterstock
Notícias Seu Emprego, Universia Brasil

DICAS DE RECRUTAMENTO

Os Técnicos do Universia Emprego deixam algumas dicas sobre como conseguir emprego, como funciona o mercado de trabalho e o desenvolvimento profissional. Acompanhe a série

Registe o seu CV grátis

Registe aqui

Entre as perguntas mais frequentes durante a entrevista de emprego está a clássica “fale-nos das outras empresas onde trabalhou anteriormente.” Durante a entrevista de emprego a maioria das perguntas recai sobre a formação académica e experiências profissionais, por isso prepare-se para passar neste teste. Não diga mal dos seus trabalhos anteriores, lembre-se que apenas vai prejudicar a sua imagem perante o técnico de recrutamento.

Ainda que tenha tido uma péssima experiência, não tente denegrir a imagem da empresa para justificar a sua saída, por exemplo. Ao fazê-lo, vai também passar a imagem que o voltará a fazer na próxima oportunidade, quando se candidatar a uma outra oportunidade de emprego.

Ao perguntar sobre as empresas anteriores e os motivos da sua saída, quem o está a entrevistar quer ter certeza de que não agirá da mesma forma com a oportunidade em questão. Por isso, opte por outro tipo de resposta, consoante a situação.

Se pediu a demissão logo após um curto período de tempo, por exemplo, pode dizer que não se adaptou bem à cultura organizacional da empresa. Se alguma coisa ou alguém o desmotivou de tal forma que sentiu necessidade de abandonar o seu posto, pode comentar que estava à procura de novos desafios profissionais e que queria desenvolver a sua carreira num local diferente.

Há uma série de explicações que o candidato pode dar de acordo com a sua realidade. Não estamos a dizer que deve mentir, pelo contrário, apenas que explique de uma forma mais direta e racional os motivos que o fizeram procurar novas oportunidades no mercado.

Quando citam más experiências em empregos anteriores, os candidatos também podem fazer com que a conversa tome um rumo diferente do esperado. Quando o profissional decide contar todo o desenrolar das histórias que o fizeram desistir dos empregos anteriores, pode atrapalhar o decorrer da entrevista e, inclusive, o tempo que tinha sido programado para ela.

Quando conduzimos um processo seletivo na Universia Portugal valorizamos a transparência do candidato acima de tudo. Mas é necessário algum bom senso para não prejudicar a imagem perante o entrevistador.

Ou seja: dizer mal das experiências profissionais anteriores não é uma boa opção. Um profissional que age desta forma pode passar a imagem de imaturo e demonstrar que não sabe separar a parte profissional da pessoal. E, em alguns casos, pior ainda: revelar informações internas de uma empresa pode ser interpretado como falta de ética. Tudo depende da maneira como o candidato se posiciona, mas é necessário ter cuidado.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.