text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Investigador da UAlg ganha 22 mil euros para estudar doença neurológica rara

      
Investigador da UAlg ganha 22 mil euros para estudar doença neurológica rara
Investigador da UAlg ganha 22 mil euros para estudar doença neurológica rara  |  Fonte: Universidade do Algarve

REGISTE O SEU CV GRÁTIS

REGISTE AQUI

“Neuroprotective therapeutic approach of Spinocerebellar ataxia type 2: pharmacological targeting of AMPK”, é um projeto financiado pela ATAXIA UK, uma instituição privada, sem fins lucrativos, que procura ajudar pacientes e famílias afetados pela doença.

Esta investigação a desenvolver no Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR), no Laboratório de Neurociência Molecular, em colaboração com o Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), é ambicioso: testar um fármaco já existente e autorizado para uso humano, para tentar atrasar a progressão desta doença.

Recorde-se que até ao momento não existe qualquer tratamento para esta e outras doenças semelhantes, sendo aplicados apenas tratamentos sintomáticos incapazes de atrasar ou impedir a sua progressão.

A confirmar-se a hipótese, a equipa de Clévio Nóbrega pode mesmo dar um importante passo no tratamento da doença uma vez que a aplicabilidade do fármaco poderá ser acelerada por não se tratar de um medicamento experimental.

O projeto de Clévio Nóbrega, a iniciar-se já em outubro de 2017, inscreve-se, assim, num conjunto de projetos inovadores em todo o mundo que procuram, através do financiamento das suas investigações, desenvolver tratamentos e alternativas no âmbito dos diversos tipos de Ataxias.

Universidade do Algarve é uma das 31 universidades portuguesas que integram a rede Universia em Portugal e uma das 1407 a nível ibero-americano. Leia mais notícias Universia relacionadas com a Universidade do Algarve.

Consulte também o nosso portal de mobilidade e fique a conhecer as restantes universidades do mundo.

Quer saber mais? 
Veja todas as notícias




Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.