text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Qual o caminho a seguir para quem quer carreiras internacionais?

      
Existem alguns pontos que facilitam o ingresso num mercado de trabalho internacional.
Existem alguns pontos que facilitam o ingresso num mercado de trabalho internacional.  |  Fonte: iStock

Domínio de língua estrangeira

Quem pretende ir trabalhar noutro país deve estar preparado para aprender uma língua estrangeira. Atualmente, com uma maior globalização, é mais fácil encontrar multinacionais ou empresas que fomentem um ambiente internacional cuja língua oficial de trabalho é o Inglês. Pelo que podemos ambicionar ir para um grande número de países apenas dominando o inglês. Contudo, é necessário garantir que o nível de conversação e de escrita e pelo menos fluente (B2).

Ainda que durante o ensino obrigatório os estudantes tenham aulas de pelo menos duas línguas estrangeiras, nem sempre estas aulas são suficientes. Assim, quem está a pensar seguir este caminho deve procurar aumentar o nível de conhecimento. Para o fazer existem diversas formas, incluindo privar com cultura estrangeira através de músicas, filmes ou procurando informação noutra língua na internet. No caso de viver numa grande cidade, existem alguns grupos como o Speak Social, que permitem conhecer pessoas de outras nacionalidades e aprender uma língua com nativos. Aqui, há um preço associado por cada grupo de linguagem.

No entanto, para quem tem possibilidades económicas, pode inscrever-se num instituto de língua estrangeira em que muitas vezes os professores são nativos, o que contribui para um maior domínio da língua e das expressões do dia-a-dia. Estas aulas também podem servir como preparação para exames oficiais, que permitem obter um certificado do nível atingido. Existem algumas plataformas como a duolingo, cujo acesso é gratuito, ou busuu, que possui funcionalidades premium mas pode aceder-se gratuitamente às funcionalidades básicas.

Voluntariado Internacional

Fazer voluntariado é uma ótima forma de desenvolver capacidades interpessoais mas também de conhecer outras culturas e de nos prepararmos para viver no estrangeiro. Ter um currículo com uma experiência de voluntariado internacional longa, diz aos empregadores que estamos preparados para deixar a nossa casa e sabemos adaptar-nos a diferentes culturas.

Além do mais, fazendo voluntariado conhecemos pessoas de outras nacionalidades que nos podem dar dicas sobre o mercado de trabalho do seu país, boas práticas e falar de plataformas de procura de emprego que sejam mais utilizadas nesses países.

Programas de intercâmbios ou mobilidade

Os programas de mobilidade ou intercâmbios também funcionam muitas vezes para iniciar uma carreira internacional. Não falamos apenas dos programas de intercâmbios para quem se encontra a estudar, mas também dos programas que contemplam estágios internacionais. Estes programas são muito motivadores para as empresas, pois tal e qual como os estágios profissionais, os governos ou entidades promotoras acabam por financiar a maioria ou a totalidade do custo. Enquanto se encontra noutro país, pode aproveitar para começar a procurar um novo trabalho após o estágio e podem aproveitar para ir a eventos de networking e feiras de emprego.

Experiências Internacionais

Além de todos os aspetos referidos, as experiências internacionais como os anos sabáticos, couch surfing ou mesmo viagens, também são outro ponto que pode favorecer a sua entrada no mercado internacional.

A verdade em que ambientes internacionais, é muito importante compreender e aceitar diferentes culturas, sabendo respeitar diversas formas de comunicar e os diversos costumes. 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.