text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Entenda os mistérios do cérebro humano

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

O cérebro humano é um órgão que desperta muita curiosidade entre cientistas e leigos. No meio de tantas pesquisas e experiências, restam ainda uma série de ideias equivocadas sobre o funcionamento do sistema nervoso, devido à dificuldade de entender esse órgão em sua complexidade. Entenda o verdadeiro funcionamento do cérebro e conheça alguns mitos sobre ele:

 

Leia também:
» Como “aliviar” o cérebro no trabalho
» Descubra pensamentos que bloqueiam o seu sucesso
» Saiba porque é que as ideias falham

 

1 – Usamos apenas uma parte do cérebro

Quem já assistiu ao filme “Sem Limites” conhece bem este mito. Eddie Morra, personagem interpretado por Bradley Cooper, é apresentado a um remédio que permite o uso de toda a sua capacidade cerebral para que assim supere o seu bloqueio criativo. No entanto, mais do que isso, Eddie torna-se capaz de aprender línguas e de fazer rapidamente cálculos muito complexos, além de conseguir lembrar-se de tudo o que leu, ouviu e assistiu na sua vida. Um verdadeiro sonho, não?

Sim, pura imaginação. Praticamente toda a parte do cérebro é utilizada inclusive quando dormimos, pelo que a sua maior parte está sempre. Portanto, a única estatística que se pode falar sobre o uso do cérebro neste sentido é que suas atividades consomem cerca de 20% da energia do corpo, embora represente somente 3% do peso de um ser humano.

 

2 – Qualquer dano cerebral é irreparável

É verdade que este é um órgão bastante frágil, mas mesmo assim nem todas as lesões são irreversíveis. O cérebro tem uma elasticidade que permite não apenas a cura ao longo do tempo, mas também voltar a fazer novas conexões. A verdade é que nada é irreversível, de modo que a recuperação plena das funções cerebrais depende da região e da seriedade da contusão.

 

3 –Você usa mais qual lado do cérebro: esquerdo ou direito?

“As pessoas que usam mais o lado direito, geralmente, são mais criativas, enquanto que aquelas que usam a outra parte são mais lógicas”. Provavelmente já ouviu alguma expressão deste género ao longo da sua vida ou então fez um teste para descobrir qual era a sua personalidade, não é? Pois saiba que, apesar das funções cerebrais serem mais vinculadas a determinadas regiões do órgão, ninguém emprega apenas um dos lados, pelo contrário. Afinal, o cérebro funciona melhor quando todo ele é utilizado, mesmo com a predominância de uma das regiões.

 

4 – Já nascemos com todas as células cerebrais que mantemos ao longo da vida

Quem continua a manter este mito vivo certamente nunca ouviu falar na Neurogénese. Este processo é responsável pela criação de novas células de determinadas áreas do cérebro na infância e até mesmo enquanto envelhecemos, sobretudo na região chamada hipocampo. Contudo, é verdade que a maior parte das células cerebrais são produzidas durante o desenvolvimento do feto.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.