text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Serviço Social na Católica: formar para o futuro

      

Falar hoje de Serviço Social na UCP é falar de direitos humanos, desenvolvimento e empreendedorismo social, isto é, de uma profissão centrada na construção de projetos transformadores que pretendem criar uma sociedade mais justa, mais equilibrada, mais humanizada e mais humanizadora. 

Deste modo, a licenciatura em Serviço Social que a Universidade Católica de Lisboa oferece pretende continuar a distinguir-se de outras ofertas a nível nacional, constituindo-se como uma formação de referência que visa estimular a inovação, a eficiência e o crescimento de novos empreendedores sociais. Aposta-se, por isso, na no rigor e na exigência, mantendo altos níveis de qualidade de ensino preparando os estudantes para as áreas habituais de profissão e para ocupar novas áreas no mercado de trabalho, tais como a cooperação e o desenvolvimento, a responsabilidade social e consultoria nas empresas e áreas de negócio social.

O Serviço Social é uma profissão de futuro e com futuro, marcando a diferença no espaço das Ciências Sociais. Com uma intensa componente prática, através de estágios curriculares reconhecidos no mercado pela sua qualidade, e um ensino tutorial, a formação neste domínio quer dotar os estudantes de conhecimento técnico-científico, de capacidades empreendedoras, de pensamento social criativo e de espírito de equipa.

O Serviço Social, como uma profissão ligada aos direitos humanos e à justiça social, assume o voluntariado como um aliado para a construção de sociedades mais humanas e humanizadoras. Neste enquadramento emerge o tema da 1ª Oficina de Serviço Social: "Intervenção Profissional e a Ação voluntária: Promoção de Novas Respostas e Mobilização da Sociedade Civil", procurando refletir e aprofundar a relação entre a intervenção profissional e a ação voluntária, de 29 de junho a 3 de julho, na Universidade Católica Portuguesa. Esta atividade é aberta a todos os interessados, mas sujeita a inscrição (valor de participante externo: 35€).

Bolsas de mérito da Licenciatura em Serviço Social

Todos os alunos com média de candidatura igual ou superior a 17 valores beneficiam de isenção total da propina durante um ano. Os alunos com média igual ou superior a 16 valores terão uma redução de 50%, e os alunos com média igual ou superior a 15 valores, de uma redução de 25% no valor da propina.


Alguns testemunhos de antigos alunos:
“Estudar Serviço Social na Católica fez, verdadeiramente, a diferença na minha formação, não só profissional mas também pessoal. Ter contactado, durante a minha formação, com diferentes áreas de conhecimento, ajudou-me a ser uma profissional melhor preparada para abraçar os desafios da atualidade, aumentando o meu manancial de recursos e fomentando a minha sede de conhecimento, aspetos fundamentais para progredir nesta área profissional.”
Carla Contreiras
Licenciatura em Serviço Social 1999/2004
Assistente Social, desde 2007, na Unidade de Desenvolvimento e Intervenção de Proximidade - Alta de lisboa, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

“A Licenciatura em Serviço Social na UCP permitiu muito mais do que o crescimento e enriquecimento académico, todo o percurso permitiu o aperfeiçoamento do meu carácter.
De todas as mais-valias, a com maior peso é poder dizer que não estive desempregada um dia, desde Janeiro de 2014, a trabalhar no que me faz sentir realizada. Não há melhor do que usufruir dos frutos deste investimento.”
Rita Macieira de Sousa
Assistente Social, Serviço Jesuíta aos Refugiados

“Como ex-aluna da licenciatura em Serviço Social, acredito que este curso traz consigo uma componente prática superior a qualquer outra oferta no ensino superior, assim como inclui uma vertente teórica diversificada e essencial para o exercer da profissão.”
Saeda Abdelnour, 22 anos
Estagiaria no Europe Institute of Social Work Berlin

“A Associação Apoio à Vida tem vindo a receber, ao longo dos últimos anos, estagiários do curso de Serviço Social da Universidade Católica Portuguesa (UCP) que em muito têm contribuído para o crescimento e desenvolvimento da própria instituição. Os estagiários que temos acompanhado deixaram a sua marca pessoal, através de preciosos contributos ao nível da criatividade e dinamismo, aliados ao rigor, competência técnica e sentido crítico, o que nos tem levado a refletir sobre a forma como agimos ponderando novos desafios.” Mara Mota,
Associação Apoio à Vida


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.